Sustentabilidade também é com a Manutenção

Luis Cyrino
11 ago 2016
0
4016

Manutenção contribuindo com a Sustentabilidade

Conceito de Sustentabilidade

A sustentabilidade pode ser definida como a capacidade do ser humano em interagir com o mundo, preservando o meio ambiente para não comprometer os recursos naturais das gerações futuras.

O conceito de sustentabilidade é complexo, pois atende a um conjunto de variáveis interdependentes, mas podemos dizer que deve ter a capacidade de integrar-se com as questões sociais, energéticas, econômicas e ambientais.

Baseado na visão das organizações, acredito que podemos entender essas questões de integração da sustentabilidade da seguinte maneira:

Questões sociais

Aqui estamos considerando como o capital humano inserido nas organizações, na comunidade, ou seja, na sociedade como um todo. Nada se consegue sem esse capital humano por isso é preciso que o ser humano seja respeitado pensando em vários aspectos.

Como investir em segurança, bem-estar e saúde com ambientes mais seguros e menos poluídos, isso acaba refletindo também no bem-estar geral da sua família. É necessário verificar o quanto essa atividade econômica pode afetar as comunidades ao seu redor.

Questões energéticas

Sem energia a economia não se desenvolve e se a economia não se desenvolve, as condições de vida das populações se deterioram, então se faz necessário a busca por energias renováveis e limpas com alta eficiência e buscar consumo consciente e investimentos em novas tecnologias.

Questões econômicas

O crescimento econômico dos países se traduz com o crescimento da produtividade, com isso as fortes tendências do mercado global por produtos e soluções de alto valor agregado com o menor custo possível e com tolerância de zero defeitos é cada vez maior.

Mas a busca do lucro não pode chegar ao ponto de trazer a devastação ou o esgotamento dos recursos naturais, alternativas devem ser intensamente desenvolvidas.

Questões ambientais

Aqui tratamos dos recursos naturais, com o meio ambiente degradado, o ser humano abrevia o seu tempo de vida, a economia não se desenvolve e o futuro fica insustentável.

Então é preciso um ambiente fabril mais seguro e limpo, maior controle das emissões de poluentes e dejetos e do consumo consciente dos recursos naturais.

Todo trabalho deve ser direcionado na busca de meios de amenizar os impactos negativos no ambiente natural ou mesmo compensar de alguma maneira, os que não é possível amenizar.

E qual a participação da Manutenção?

Manutenção preventiva/preditiva

Um programa efetivo de manutenção preventiva e preditiva traz os benefícios de sustentabilidade ligadas as questões econômicas, sociais e energéticas.

As máquinas e equipamentos com uma manutenção adequada e inspeções regulares, com certeza se converte em mais produtividade e disponibilidade.

E como consequência, um consumo de energia dentro dos padrões de normalidade, também pode garantir produtos com qualidade e custos adequados.

Programas de melhorias

A constante busca por melhorias dos processos e procedimentos através dos vários programas de gestão como o TPM, WCM, MCC entre outros, tem contribuído sobremaneira para a redução dos custos de manutenção e aumento da disponibilidade e confiabilidade de máquinas e equipamentos.

Também a busca por novas tecnologias e inovações trazem o aperfeiçoamento dos sistemas em geral, por consequência dessas buscas de melhorias temos ótimos resultados.

Resultados como, a diminuição das perdas, a queda no consumo de sobressalentes, a produtividade aumenta, produtos e serviços alcançam maior qualidade e o melhor de tudo, o custo final diminui gerando com isso, mais acessibilidade para o consumidor em geral.

Acredito que buscando melhorias também trazemos os benefícios de sustentabilidade ligadas as questões econômicas, sociais e energéticas.

Gestão Predial

Como em toda as edificações, o prédio industrial precisa ser bem gerido por conta das suas necessidades de alguns recursos como água, energia elétrica, estação de tratamento de efluentes, ar comprimido entre outros.

A Manutenção tem parte fundamental nessas questões quer seja ela própria ou terceirizada, é necessário evitar as contaminações do ambiente por conta de vazamentos de efluentes e que devem ser tratados para posterior descarte.

Também evitar a todo custo os vazamentos de ar comprimido e água que além de gerar desperdícios, elevam o consumo de energia como no caso específico do ar comprimido.

Fazendo a correta gestão predial, acredito nos benefícios de sustentabilidade ligadas as questões principalmente as ambientais, mas não deixam de ser também ligadas as questões econômicas, sociais e energéticas.

Melhores práticas

Aqui nesse quesito vejo benefícios de sustentabilidade ligados principalmente as questões ambientais, vale o comprometimento e a motivação da equipe em buscar as melhores práticas de manutenção.

Tais como o uso consciente de produtos para limpeza que hoje temos os biodegradáveis e com a mesma eficiência dos convencionais, descarte correto de lubrificantes, lâmpadas em geral, sucatas de metal entre outros.

Também podemos elencar como melhores práticas de manutenção, o agente multiplicador da equipe, quando se tem um meio mais eficiente de se fazer algo, disseminar esse conhecimento entre os colegas, registrar isso por meio do procedimento operacional padrão (POP).

Por conta de normas regulamentadoras

Também não podemos deixar de destacar, as necessidades da Manutenção por força de normas vigentes como as Normas regulamentadoras que com certeza trazem benefícios em geral para todas as questões citadas de sustentabilidade:

NR-8: Estabelece requisitos técnicos mínimos para edificações tais como construção de pisos, áreas de circulação, escadas fixas, altura entre piso e o teto, coberturas, etc.

NR-10: Estabelece os requisitos e condições mínimas objetivando a implementação de medidas de controle e sistemas preventivos, de forma a garantir a segurança e a saúde dos trabalhadores que interajam em instalações elétricas e serviços com eletricidade.

NR-12: Definem referências técnicas, princípios fundamentais e medidas de proteção para garantir a saúde e a integridade física dos trabalhadores em máquinas e equipamentos.

NR-13: Estabelece requisitos mínimos para gestão da integridade estrutural de caldeiras a vapor, vasos de pressão e suas tubulações de interligação nos aspectos relacionados à instalação, inspeção, operação e manutenção, visando à segurança e à saúde dos trabalhadores.

NR-35: Estabelece os requisitos mínimos e as medidas de proteção para o trabalho em altura (a partir de 2 metros).

Conclusão

Como visto nessa matéria, hoje com certeza a Manutenção deixa de ser um elemento de custo nas empresas para se tornar uma função geradora de vantagem competitiva e ligada diretamente as necessidades de adequação a vários sistemas em busca de diferencial competitivo como a Sustentabilidade, objeto dessa matéria.

Como já falamos sobre a Manutenção e a sustentabilidade, o que podemos dizer sobre a relação entre a Manutenção e a ISO 9000, você saberia me dizer? Vejam no link abaixo uma matéria que tratamos disso.

ISO 9000 relacionada a Manutenção

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *