Indústria frigorífica

Luis Cyrino
27 fev 2020
0
379

Indústria frigorífica

Indústria frigorífica tem como característica principal a industrialização das carnes em geral, podendo ser uma planta que realiza o abate, processamento e armazenagem.

Ou ser uma planta dentro da indústria frigorífica onde realizam apenas a armazenagem e logística de produtos que necessitam de refrigeração controlada, além das carnes e seus produtos derivados.

Alguns dados da história da refrigeração

A primeira máquina de refrigeração foi construída em 1856, usando o princípio da compressão de vapor, pelo australiano James Harrison, que tinha sido contratado por uma fábrica de cerveja para produzir uma máquina que refrescasse aquele produto durante o seu processo de fabricação, e para a indústria de carne processada para exportação.

O professor de engenharia alemão Carl Von Linde patenteou em 1876 o processo de liquefação de gás que se tornou parte da tecnologia básica de refrigeração. Suas descobertas levaram à invenção do primeiro refrigerador confiável e eficiente de amônia compactada.

O primeiro refrigerador elétrico para uso doméstico foi inventado pelo americano Fred W. Wolf em 1913 e foi batizado com o nome de DOMELRE (Domestic ELectric Refrigerator), mas este nome não teve sucesso e foi Kelvinator o nome que popularizou este utensílio nos EUA.

Tal como a maioria dos seus descendentes modernos, este frigorífico era arrefecido por meio de uma bomba de calor de duas fases. Outro que se tornou muito popular foi o General Electric “MonitorTop“, que apareceu em 1927. Ao contrário dos predecessores, neste frigorífico o compressor, que produzia bastante calor, estava colocado no topo do aparelho, protegido por um anel decorativo.

No Brasil

O primeiro aparelho no Brasil, foi fabricado em 1947, numa pequena oficina na cidade de Brusque/SC. De 1947 a 1950, Guilherme Holderegger e Rudolf Stutzer já tinham fabricado 31 aparelhos movidos a querosene.

Então surge um novo personagem, Wittich Freitag, um comerciante bem-sucedido da cidade de Joinville, que convence os dois a montarem uma fábrica.

Fechada a sociedade entre os três, e em 15 de julho de 1950 entra em operação a CONSUL, primeira fábrica de refrigeradores do Brasil, na cidade de Joinville/SC.

Manutenção nos sistemas de refrigeração

Para aquelas que utilizam máquinas e equipamentos frigoríficos em sua linha de produção ou simplesmente armazenagem, a manutenção preventiva é fundamental.

Os produtos relacionados às necessidades de refrigeração (cadeia do frio) são conhecidos pela sua grande sensibilidade, durante os processos produtivos.

Pequenas variações não programadas na temperatura podem ser suficientes para torná-los impróprios para consumo. Imaginem o prejuízo e os transtornos que isso pode causar dentro dessa cadeia produtiva e de distribuição.

Logo, quando falhas ocorrem no sistema de refrigeração, é comum que as empresas amarguem grandes prejuízos e tempo ocioso para o conserto das máquinas e/ou equipamentos.

Indústria frigorífica, Manutenção Preventiva e outras políticas

A principal finalidade da manutenção preventiva e outras políticas do setor é evitar os riscos de defeito e/ou falha no funcionamento de máquinas e equipamentos, possibilitando a sua confiabilidade.

A eficiência esperada na área de Manutenção para a indústria frigorífica deve contemplar algumas premissas fundamentais para seu êxito, como segue:

  • Gestão das políticas de Manutenção
  • Planejamento (baseado no ciclo PDCA)
  • Novos métodos e processos – Engenharia de Manutenção
  • Inspeções periódicas (Manutenção e Operação)
  • Programas de melhorias
  • Treinamentos e capacitação de pessoal
  • Segurança de máquinas e equipamentos (NR-12)
  • Procedimentos de trabalho
  • Indicadores e KPIs – Gestão à vista

Indústria frigorífica, falhas e/ou quebras nem pensar

Podemos entender que nesse segmento da indústria frigorífica, falhas ou quebras de máquinas e equipamentos não está no contexto do negócio. Quem já não teve essa experiência em casa quando o nosso refrigerador ou freezer dá um problema e pára de funcionar.

É aquela correria para evitar perder aqueles produtos perecíveis como carnes e outros como os lácteos, comidas já preparadas, entre outros. Pois é, por essas e outras que a manutenção em máquinas e equipamentos frigoríficos é essencial.

A gestão de manutenção desse segmento é essencial como em qualquer outro segmento produtivo, fique de olho nas melhores práticas de gestão da Manutenção. Esse tema com certeza é muito extenso e outros artigos serão elaborados para tratar desse assunto.

Manutenção em foco tem soluções

Temos uma boa experiência no ramo de manutenção industrial para propor soluções na gestão de métodos e processos da área. Entre em contato conosco que podemos lhe fazer uma visita técnica e entender a sua necessidade.

Entre em contato!!

Fonte da história da refrigeração:

James Harrison Evolution of Lab Refrigerators & Freezers”

https://www.materials.sandvik/en/campaigns/fridge-of-the-future/the-history-of-the-refrigerator/

https://www.consul.com.br/sobreaconsul/

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *