Reposição dos estoques de Manutenção

Luis Cyrino
12 Maio 2016
0
3055

Gestão da reposição do Estoque de Manutenção

Reposição dos estoques – Dando sequência no tema “Função da gestão de estoque“, na matéria anterior falamos sobre como determinar as quantidades dos itens cadastrados em estoque. Nesta matéria vamos mencionar a importância do processo de reabastecimento ou reposição desses itens.

Ou seja, o momento adequado de se repor as quantidades para que cada item chegue ao patamar do estoque máximo. Isso deve ser feito para não comprometer os processos da empresa, em especial no nosso caso da Manutenção.

Sabemos que um estoque adequado parte da premissa de ter cadastro de quantidade mínima, máxima e ponto de reposição a fim de regular essa quantidade para que não haja excesso e nem falta de um determinado item.

Todo esse processo é essencial para que a funcionalidade das áreas de uma empresa ocorra de forma ininterrupta e sem surpresas quanto as suas necessidades de itens necessários para sua operacionalidade.

Fases de uma reposição

Controle de estoque: 

O departamento de gestão dos estoques normalmente tem um software para gerenciar automaticamente as entradas e saídas, com isso as quantidades ficam em constante supervisão ou seja, a cada entrada ou saída de algum material seu saldo se integraliza identificando se determinado item requer ou não uma reposição ou reabastecimento.

Emissão da requisição: 

Normalmente os estoques trabalham com três níveis de quantidades (mínimo, máximo e ponto de reposição) e por meio de um sistema automático ou por meio de um sistema manual, quando um item chega em seu ponto de reposição é imediatamente gerado uma requisição para reposição desse item para que o mesmo atinja novamente seu ponto de quantidade máxima.

Departamento de compras: 

Esse departamento com certeza é parte fundamental para que os estoques se mantenham sempre atualizados pois nessa fase do reabastecimento existem alguns fatores que podem se tornar instáveis como preço, prazos e fornecedores.

Nessa fase do reabastecimento, a área de compras recebe a requisição e trabalha para que o item desejado seja adquirido dentro dos padrões necessários. Ou seja, custo adequado, qualidade, da especificação técnica correta e principalmente do prazo de entrega, tempo suficiente já determinado para que o item seja integralizado ao estoque sem que o mesmo chegue aos níveis abaixo do mínimo.

Temos mais uma fase que trata do recebimento, conferência e estocagem que trataremos na próxima matéria, é a fase que completa o ciclo das entradas e saídas do estoque.

Conclusão

Como em todas as áreas de uma empresa, na Manutenção esse processo de reabastecimento dos estoques é fundamental que funcione corretamente.

Isso porque todas as atividades da Manutenção sempre estão ligadas a substituição de peças e componentes para o restabelecimento de funcionamento de máquinas e equipamentos. Também para atendimentos aos cronogramas de preventiva, trabalhos de melhorias e em todas as atividades pertinentes ao setor.

Deixe seu comentário, sua opinião é muito importante.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *