Rolamentos industriais, a importância de sua manutenção

Luis Cyrino
27 jun 2021
0
293

Rolamentos industriais, a importância de sua manutenção

Rolamentos são fundamentais para o funcionamento do maquinário industrial. Para que eles tenham uma vida útil prolongada, é importante que uma manutenção regular seja realizada periodicamente. Além de prevenir acidentes, a empresa não corre o risco de paradas emergenciais desnecessárias, gerando gargalos na linha de produção.

Eles são itens que têm como objetivo suportar e carregar cargas axiais e/ou radiais, permitindo o movimento de rotação entre dois elementos. Sendo utilizado com a finalidade de reduzir o atrito ou a fricção de deslizamento, entre eixos, polias e mancais.

Os rolamentos são compostos por vários componentes como anel interno, anel externo, esferas ou rolos, vedação em alguns tipos e gaiola.

Sua aplicação é muito ampla, é um dos elementos mais utilizados na fabricação de máquinas e equipamentos. Vale lembrar que a fabricação de um rolamento segue rígidos padrões de qualidade e materiais de alta resistência.

Sua constante utilização acarreta na fadiga do material que o compõe, por isso possui uma vida útil pequena. As tensões internas ocasionadas abaixo da superfície de carga fazem com que o material tenha um descascamento. O tempo do primeiro sinal de fadiga dependerá da quantidade de ciclos e da intensidade da carga no rolamento.

Na indústria há diversos modelos, eles são divididos em:  rolamento de esfera, de rolo, e autocompensadores. A escolha deles está relacionada ao tipo de modelo e aplicações que ele será usado. Numa mesma máquina podemos contar com modelos variados, de acordo com a necessidade, por exemplo.

Cuidados na montagem de rolamentos

Para a montagem correta, o rolamento deve ser manuseado com cuidado. Seu método de montagem (mecânico, hidráulico ou térmicos) dependerá do tamanho e do modelo/tipo de rolamento.

Para a montagem correta do rolamento é fundamental usar as ferramentas adequadas e se atentar para a limpeza do local. Outro fator essencial, é o cuidado para não danificar anéis, vedações (se for o caso) e gaiola do rolamento com alguma pancada.

Em casos de uma primeira montagem, é importante avaliar as tolerâncias e precisões dimensionais de onde será montado a peça. Assim, não haverá falhas dimensionais que causem interferências nas folgas pré existentes de certos elementos, que por consequência afetarão seu desempenho.

É fundamental ter essa atenção nos casos de rolamentos fixos de esferas, onde seus anéis Interno e Externo são montados sob interferências dimensionais.

Devido aos contaminantes do local em que será montado o rolamento, é ideal o uso de uma pasta de montagem. Isso evita a corrosão, preserva a vida útil de eixos e alojamentos, local em que as partes do anel interno e externo do rolamento ficarão alojados.

Como vimos acima, a montagem de um rolamento requer inúmeros procedimentos básicos que asseguram a qualidade e o bom funcionamento do maquinário. Mas para manter tudo isso em bom estado, é fundamental uma manutenção adequada.

A importância da manutenção em rolamentos

Para garantir a vida útil e bom funcionamento de máquinas e equipamentos, a manutenção dos rolamentos precisa ser priorizada. Assim como os ativos industriais, os rolamentos também estão propensos a inúmeros fatores decorrentes da sua constante utilização.

Os rolamentos são peças importantes do maquinário industrial e falham devido à falta de manutenção. As principais causas incluem: erros na montagem, sobrecarga, vedação insuficiente, falta de lubrificação, desgastes, entre outros.

Para evitar que esse problema aconteça, é importante que a equipe de manutenção programe as revisões periódicas, as chamadas preventivas. A partir disso, sistemas preditivos, como o monitoramento de ativos, podem e devem ser aplicados para evitar com que as paradas emergenciais e despesas indesejadas aconteçam.

Para que o ciclo de vida útil seja maior, é imprescindível que as rotinas de manutenção sejam executadas por profissionais técnicos e com amplo conhecimento na área.

Existem algumas etapas importantes para a manutenção dos rolamentos industriais que são fundamentais para o funcionamento e o aumento da vida útil deles: planejamento, gestão, monitoramento, limpeza dos rolamentos e lubrificação.

  • Planejamento e gestão

O primeiro é um dos pontos mais fundamentais da manutenção, pois garante a segurança do ativo e dos colaboradores que trabalham perto dos equipamentos.

Além disso, outro fator importante é que, quanto melhor o planejamento mais eficiente a manutenção será. Assim, a equipe de manutenção não será pega de surpresa e, consequentemente, sua produtividade aumentará.

A boa gestão é derivada de um bom planejamento, já que o intuito dela é promover o melhor desempenho das máquinas e garantir o funcionamento ideal da cadeia produtiva,  que evite ao máximo as falhas e imprevistos, garantindo assim um fluxo contínuo de melhoria e monitoramento.

A realização da manutenção preventiva de rolamentos é uma forma de estender sua vida útil. Por essa razão a corretiva deve ser evitada ao máximo, já que com ela é necessário a paralisação do maquinário.

  • Monitore

A condição do rolamento é vital para garantir o alto desempenho de qualquer ativo. Eles são sistemas que envolvem velocidade e transmissão de força, por isso necessitam de atenção e monitoramento frequente.  Os parâmetros essenciais para medir a saúde e obter o desempenho ideal incluem: ruído, temperatura e vibração.

Uma alternativa, aliada a tecnologia é o monitoramento online que, remotamente, permite acompanhar em tempo real a saúde dos ativos.

Diferente dos sistemas tradicionais que necessitam de muitos papéis para o controle, as ferramentas preditivas, como da TRACTIAN, aliadas à ciência de dados conseguem detectar ruídos, desalinhamentos, aquecimento, vibração, temperatura, aceleração e outros.

Isso permite que o gestor de manutenção otimize seus processos voltados à manutenção, já que o acesso a insights e informações vitais possibilitam agir de forma preditiva.

Essas soluções são fundamentais para uma rotina de manutenção assertiva, pois diminuem em 55% o número de quebras inesperadas e em 60% os custos com manutenção.

Por isso, ter um bom plano de manutenção e profissionais especializados podem não só garantir o desempenho esperado do seu ativo, como prolongar sua vida útil.

  • Limpeza dos rolamentos e lubrificação

A cada manutenção realizada é essencial que uma limpeza seja feita, isso evita o acúmulo de sujeira, poeira e resto de lubrificantes, que podem danificar o rolamento.

Com a correta lubrificação, o desgaste, a ferrugem e a corrosão podem ser reduzidos.  A falta dela, contribui para o desgaste rápido reduzindo a vida útil do rolamento e aumenta a chance de quebras e paradas não programadas.

Quando é escolhido um lubrificante, que não seja de boa qualidade ou a quantidade e frequência não são colocadas de maneira correta, influenciam na duração desse item.  Por isso é indispensável ter esse cuidado com o rolamento industrial.

Conclusão

Como já dito, os rolamentos são essenciais para o funcionamento do maquinário industrial e, consequentemente, para a empresa.

Com um rolamento de qualidade e boa manutenção, você aumenta a produtividade na indústria. Também melhora a qualidade do produto final, reduz os custos de manutenção, traz mais segurança aos colaboradores e aumenta a capacidade de monitoramento e controle da produção.

Portanto, tenha em mente que uma excelente gestão da Manutenção pode não só prolongar a vida útil do ativo em geral, como também aumentar sua produtividade. Isso porque uma parada não programada resulta em perdas significativas para a companhia.

Adotar sistemas de monitoramento combinados com a ciência de dados e IA – Inteligência Artificial, trazem maior confiabilidade e segurança nos processos. Para saber como tornar sua rotina de manutenção mais eficiente e prevenir falhas, clique aqui.

 

Escrito por: TRACTIAN – Monitoramento de máquinas

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *