Atrasos nas atividades da Manutenção

Luis Cyrino
25 ago 2020
0
670

Atrasos nas atividades da Manutenção

Atrasos nas atividades da Manutenção estão relacionados a vários fatores e que elencaremos alguns. Como sempre enfatizo quando o assunto é gestão, quando ela deixa a desejar o resultado abaixo do esperado é certo. Acredito que a área de Manutenção é tida hoje em dia como estratégica em muitas empresas.

Agir ou pensar diferente disso não condiz com as reais necessidades de setores produtivos. Na área de Manutenção temos vários fatores que influenciam “diretamente” em resultados insatisfatórios. A seguir alguns desses fatores que acredito, podem interferir na boa sequência das atividades da Manutenção:

Mão de obra

Quando falamos em mão de obra, temos vários modos em que pode atrasar as atividades do setor. Um deles é a baixa qualificação da equipe onde a gestão tem sua parcela de responsabilidade nisso.

Outro fator seria uma equipe mal estruturada com deficiência de pessoal ou má distribuição de mão de obra entre os turnos. Um outro fator que podemos citar é ter uma equipe com qualificação heterogênea, uns sabem mais que outros. Todos esses fatores contribuem sobremaneira para que a execução das atividades da Manutenção não tenha um ritmo normal.

Liberação do Ativo

Quem da Manutenção já não passou por isso? As atividades como preventivas, inspeções periódicas, lubrificação são exaustivamente planejadas. E na hora “H” a máquina ou equipamento não é liberado por “n” motivos.

Fazer o replanejamento é algo que atrapalha e muito a sequência dos trabalhos da Manutenção. Isso porque tudo que estava planejado adiante vai sofrer alguma alteração por conta disso.

Sobressalentes

Falta de peças e materiais diversos para uso na manutenção de máquinas e equipamentos é “fatal” para gerar atrasos. Isso acontece por vários motivos, desde a falta de pedido de compras até a quantidade de itens estar em desacordo com a real necessidade.

Por vezes também acontece de o item estar “errado” quanto a sua especificação e mesmo assim foi recebido no estoque. Ou seja, a gestão dos estoques deve ser assertiva, respeitando as fases de cadastro do item, pedido, compra, recebimento e conferência.

Procedimento (POP)

Tem certas atividades de manutenção que precisam ser bem definidas de “como fazer”, ter um procedimento de execução. Isso acontece para evitar que as maneiras de fazer de cada um se torne um diferencial no tempo de execução.

E também quando temos em algum tipo de atividade, a necessidade de autorizações e ferramentais especiais, entre outros. A verdade é que podemos padronizar muitas atividades da Manutenção e com isso “ganhar” tempo.

Ordem de serviço

Uma ordem de serviço mal preenchida, com informações erradas com certeza leva a atrasos também. A OS é uma carta de execução de uma atividade onde tudo o que o manutentor precisa saber está contido nela.

É baseado na OS que a Manutenção trabalha com informações essenciais para a execução de uma atividade. Por isso em muitas empresas temos a área do PPCM, responsável dentre outras coisas, pela emissão da ordem de serviço com todas as informações necessárias.

Ferramental

Manutenção sem ferramental adequado é uma das piores situações para atrasar o serviço. As vezes os gestores não fazem ideia da dificuldade que tem certas atividades sem um ferramental adequado.

E quando isso acontece, lá vai o manutentor fazer “mágica” para tentar dar sequência no seu trabalho. Além dos atrasos, podem causar acidentes pelo uso indevido de ferramentas não adequadas.

Prioridades

Fazer o que é preciso fazer, esse é o lema da Manutenção? As vezes não, é preciso antes e tudo priorizar as atividades do setor. Isso começa com a classificação ABC de máquinas e equipamentos, sem isso é o mesmo que atirar para qualquer lado. O pessoal da Manutenção precisa ter claro o que é mais importante fazer de imediato ou o que pode deixar para depois.

Gestão Manutenção

E por fim, depois de tudo que já descrevemos acima como fatores para atrasos, tem sempre a gestão como principal motivo para que tudo isso ocorra. Como em qualquer área de uma empresa, o gestor da Manutenção é peça chave para o correto desenvolvimento das atividades do setor. Como sempre digo, “A solução começa na Gestão”.

Conclusão

Esses são alguns dos fatores que podem atrasar as atividades da manutenção, mas com certeza temos outros. Temos como medir esses atrasos usando a ferramenta do Backlog que calcula a efetividade da mão de obra em relação ao tempo.

E você meu caro leitor, o que poderia acrescentar nessa lista de fatores? Ou mesmo melhorar as que estão citadas neste artigo, participe do tema dando a sua opinião.

Precisando de uma Consultoria ou de algum treinamento na Manutenção não deixe de entrar em contato conosco. Clique no link abaixo e faça contato sem compromisso, vamos entender a sua necessidade.

Serviços

 

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *