Confiabilidade na Lubrificação

Luis Cyrino
27 jan 2019
0
527

Confiabilidade na Lubrificação

Confiabilidade e a lubrificação tem muito mais relação do que se imagina e na verdade, realmente precisa ter se queremos alcançar a quebra zero. Se perguntarmos para qualquer pessoa ligada à manutenção sobre a importância da lubrificação, com certeza teremos a mesma resposta, é muito importante.

Agora a pergunta certa seria: O quanto o plano de lubrificação de máquinas e equipamentos é levado a sério ou à risca pela gestão da Manutenção?

Confiabilidade

Muito se busca hoje em dia a tal da confiabilidade de máquinas e equipamentos, muitas técnicas e metodologias para se alcançar esse objetivo. Metodologias como a RCM – Manutenção Centrada na Confiabilidade, metodologias como a TPM e outras diversas que por sinal são excelentes.

A questão que fica é o quanto tudo isso pode deixar de lado a importância da lubrificação para o alcance desse objetivo. Portanto, mais do que buscar a confiabilidade de máquinas e equipamentos, temos que buscar a confiabilidade dos planos de lubrificação (elaboração + execução).

Lubrificação e sua participação na quebra

Pesquisando algumas informações podemos chegar à conclusão que a lubrificação tem um peso enorme nas quebras de máquinas e equipamentos. Alguns dados nos dão conta que as quebras estão diretamente ligadas ou relacionadas à 70/75% com a lubrificação.

Outro dado importante vem da SKF onde afirma que entre 35/40% das quebras em rolamentos são causados por problemas de lubrificação. Também a SEW nos diz que 39% das quebras de redutores são causadas por falhas na lubrificação, acha pouco?

Isso sem contar com as quebras por falhas de lubrificação em sistemas de transmissão e movimento por buchas, correntes, conjunto de engrenagens e que não temos dados dos impactos que causam.

Garantir a Confiabilidade na Lubrificação

Se conseguirmos alcançar a confiabilidade da lubrificação de máquinas e equipamentos, já teremos um enorme passo para evitar segundo dados, até 70/75% das quebras.

Com isso teremos um menor custo de manutenção e uma maior disponibilidade dos ativos em geral. Para que isso se torne uma realidade é necessário na minha visão que a Manutenção siga à risca alguns passos como descreveremos a seguir:

Plano de lubrificação

Tudo começa com a elaboração de um plano de lubrificação extremamente bem executado, objetivo de modo a ficar bem claro o que lubrificar, como, quando (periodicidade) e o quanto de lubrificante será necessário.

Execução do plano de lubrificação

De nada adianta ter um excelente plano de lubrificação e o mesmo não é realizado em sua totalidade ou de forma eficiente. Aqui devemos nos atentar para a programação das rotas e sua realização conforme o plano determina.

Relatórios de controle das atividades

Como toda atividade da manutenção, a lubrificação também deve ser disparada por meio de uma ordem de serviço e como tal encerrada com a geração de relatórios/informações. Tudo isso deve ser entendido como fundamental para que tudo o que foi planejada seja checado como realizado ou a necessidade de alguma reprogramação.

Controle dos estoques

Os lubrificantes necessários e suas quantidades assim como peças e outros itens em geral da manutenção devem ter um controle adequado para que não falte. Importante também se atentar para que sejam mantidos em lugar adequado, livres de umidade e excesso de calor.

Revisão e melhorias do plano de lubrificação

Como os planos de manutenção em geral, os de lubrificação também devem ser revisados periodicamente, uma vez ao ano pelo menos. E sempre importante que se encontre pontos de melhorias do plano e/ou nos locais de lubrificação com otimização de tempo, sistemas ou métodos de lubrificação.

 Recursos disponíveis para o lubrificador

Nesse quesito é importante que os materiais diversos necessários para a lubrificação estejam disponíveis e de boa qualidade. Bem como seja contemplado com um local adequado onde todo esse material do dia a dia possa ficar guardado.

Qualificação e treinamentos de capacitação

Não poderíamos deixar de comentar sobre o nível de qualificação desse profissional de lubrificação, deve atender às necessidades para a função. Outro fator importante é buscar sempre a capacitação desse profissional via treinamentos sobre tudo que envolve seu trabalho.

Procedimentos de lubrificação

É fundamental que para muitas de suas atividades exista um procedimento ou instrução de trabalho para padronização. Isso pode contemplar também instruções de trabalho quando ao cumprimento de rotas, como preencher corretamente seus relatórios e outras atividades que se julgar importantes como padronização.

Análise de falhas

Como qualquer outro tipo de paradas onde se faz necessário uma análise de falhas, para problemas com a lubrificação também deve ocorrer. Qualquer tipo de desvio nessa atividade deve ser analisado e contido de imediato pois as consequências certamente serão desastrosas.

Check list

Aqui fica uma sugestão onde se elabore um check list específico para a lubrificação, uma maneira extremamente eficaz de se antecipar a problemas. E o mais interessante de um check list é que outros problemas não relacionados a lubrificação podem ser detectados.

Suporte ao profissional de lubrificação

A função de um lubrificador é tão importante como qualquer outra função na manutenção e merece todo suporte da gestão, PPCM e dos manutentores. É inevitável que na rotina do seu dia a dia será preciso receber apoio técnico de seus colegas para inúmeros problemas que o mesmo pode encontrar.

Conclusão

Como podemos evidenciar nos tópicos acima, temos meios de como conseguir uma confiabilidade na lubrificação de máquinas e equipamentos.

Nós do Manutenção em foco temos treinamentos específicos para essa área de lubrificação como também podemos desenvolver todo esse trabalho de elaboração e implantação de um plano de lubrificação.

Entre em contato conosco que podemos fazer uma avaliação e propor soluções para que sua empresa alcance a confiabilidade na lubrificação.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *