Demanda do estoque de Manutenção

Luis Cyrino
27 jun 2017
0
1548

Demanda do estoque de Manutenção

Demanda do estoque – Um dos grandes problemas ou diria, dilema na gestão dos estoques em geral está relacionada com uma definição coerente da demanda dos itens cadastrados. Isso porque é baseado nessa premissa que definimos as quantidades de estoque mínimo e máximo.

Um problema muito recorrente dos estoques trata-se da variação de demanda e a reposição que implica em algumas situações desconfortáveis gerando incertezas para a gestão como podemos visualizar abaixo:

Como nosso assunto por aqui é Manutenção, então vamos observar na figura acima que, se não bastasse os problemas de erros na previsão de demanda, ainda temos essa possibilidade de variação dessa demanda ou do tempo de reposição.

Como vimos acima na figura, a única situação confortável seria uma demanda e tempo de reposição constantes, mas sabemos que isso é difícil de acontecer.

Trataremos apenas nessa matéria da demanda variável, problemas vinculados à área da Manutenção ou demais áreas envolvidas. E nos Estoques de Manutenção, isso pode ocorrer devido a inúmeras situações que tentaremos elencar a partir de agora.

Demanda variável

A demanda variável são aquelas situações onde determinados itens do estoque são consumidos de menos, ou seja, ficam tempo demais parados no estoque. E isso sabemos que não é nada bom pois afeta o Giro dos Estoques e capital parado, que é a pior situação. E nas situações onde outros determinados itens são consumidos demais, além da previsão das suas quantidades determinadas para o estoque.

Isso também não é nada bom pois aumenta os custos da Manutenção e com certeza demonstra que temos algum problema em máquinas e equipamentos que não está sendo resolvido ou outro problema relacionado.

Vejamos a seguir alguns itens que acredito podem interferir nessa demanda do estoque de manutenção:

Programação das Preventivas

Um motivo que pode diminuir a demanda de peças de máquinas e equipamentos é o não cumprimento do plano da Preventiva. Isso se evidencia de alguma maneira pois esse tipo de manutenção trata de muitas trocas sem se determinar o tempo de vida útil da peça ou componente.

Se existe muita variação na permissão de se parar um ativo para preventiva, o planejamento de consumo sofrerá alterações drásticas e ficaremos com muitos itens mais tempo que o previsto. E isso sabemos que é muito comum nas empresas em geral.

E pior que isso que essa falta de cumprimento pode no decorrer do tempo inverter essa tendência e aumentar demais a demanda por falta de uma manutenção adequada.

Qualidade de fornecedores

Um problema recorrente nas empresas é o pessoal de Compras por vezes trocar de fornecedor de muitos itens da Manutenção devido a custos sem prévia consulta à Manutenção. Isso de fato pode trazer sérios problemas como aumento de quebras ou baixo rendimento nas máquinas e equipamentos.

Como consequência disso, teremos elevação dos custos devido ao aumento da rotatividade de determinados itens, queda na disponibilidade e produtividade desses ativos. Tudo causado por uma simples atitude de troca de fornecedor que causou um aumento da demanda desses itens.

Por consequência ao invés de baixar custos por preço, aumentou os custos por perdas e aumento de consumo. Digo isso com muita tranquilidade pois já presenciei coisas do tipo e isso pode levar um bom tempo até se descobrir o real problema.

Qualidade dos serviços

Pensou que a Manutenção iria ficar de fora? Com certeza não, as vezes pode estar acontecendo uma queda no nível de qualidade dos serviços prestados pela manutenção. Isso pode estar acontecendo por várias situações como dificuldades de relacionamento com seus pares ou com a gestão.

Ou pela falta de paridade entre a equipe onde um conhece mais que o outro, com certeza um problema de gestão. Outra situação que pode comprometer a qualidade dos serviços é a falta de ferramental adequado, baixo nível de motivação pelas condições de trabalho em geral.

São situações que de alguma maneira interferem na qualidade dos serviços e podem com certeza trazer muitas falhas e quebras nas máquinas e como consequência, variação de demanda de peças e outros materiais em geral.

Falhas operacionais

Muito comum nas empresas os problemas serem ocasionados por falhas operacionais, quem ainda não evidenciou isso? As vezes por motivos de necessidades de cumprimento de metas, por falta de habilidades, alterações constantes na programação que levam a erros.

Enfim, são problemas que causam muitos problemas em máquinas e equipamentos e isso precisa ser evidenciado e corrigido pois com certeza isso eleva as corretivas principalmente e o consumo de peças.

Matéria prima e insumos

Outra situação muito comum nas empresas é buscar reduzir seus custos com matéria prima e insumos, responsáveis pela maior parte dos custos de produção. E podem ter certeza quando isso envolve baixa qualidade desses itens, o desastre é uma questão de tempo ou da próxima tiragem de produção.

Já evidenciei sérios problemas em máquinas e equipamentos por causa disso, podem ter certeza que as consequências são desastrosas. Garanto que muitos que lerem essa matéria vão ter algum caso para contar relacionado a isso.

Conclusão

Espero ter conseguido passar a mensagem sobre esse problema da variação de demanda com os tópicos que relacionei na matéria, poderíamos ainda falar sobre sazonalidade que acredito, também pode interferir nessa demanda. E isso não estamos falando também sobre a variação do tempo de reposição que daria outra matéria.

Por essas e outras que gerenciar os estoques de Manutenção tem muitos desafios para serem enfrentados. A assertividade nas quantidades de estoque é um atributo que temos que buscar constantemente e para isso a revisão dos itens cadastrados devem acontecer sempre.

E como faríamos isso se são muitos itens normalmente? Verdade, são muitos, mas é só se atentar para o consumo mês a mês que você vai perceber as alterações acima da média e com isso entender o que está acontecendo.

E mais uma vez dizendo, é uma questão de Gestão e como diz meu lema, “A solução começa na Gestão”. Então vamos lá meus caros, fazer a Gestão assertiva na Manutenção com a participação de todos da equipe.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *