EPC na Segurança dos colaboradores

Luis Cyrino
18 jul 2015
6
8584

Importância do EPC

Em nossa abordagem inicial falamos sobre as ferramentas e os meios para conseguir uma segurança adequada na manutenção e hoje daremos ênfase ao EPC.

Podemos afirmar com absoluta certeza que a falta desses itens ou o mau uso de alguns deles e manutenções inadequadas de outros itens podem provocar situações de riscos, acidentes ou problemas de saúde para todos os colaboradores de uma empresa.

Mas afinal o que é um EPC?

Trata-se de um equipamento de proteção coletiva, ou seja, um equipamento utilizado para atender a vários trabalhadores ao mesmo tempo, destinado à proteção do trabalhador contra possíveis riscos capazes de ameaçar a segurança e a saúde no trabalho.

Vale ressaltar que esses equipamentos não são necessariamente de proteção de um coletivo, muitas vezes, são apenas de uso coletivo, como por exemplo, uma máscara de solda ou um cinto de segurança para trabalho em altura.

Quando se trata de EPC, este poderá ser um dispositivo, um sistema, ou um meio, fixo ou móvel, diferente do EPI, que serve exclusivamente e tão somente para proteger quem está usando, como por exemplo, luvas, capacete, óculos etc.

Características do Equipamento de proteção coletiva

Outra ressalva é que o Equipamento de Proteção Coletiva (EPC) se caracteriza em beneficiar um grupo de trabalhadores indistintamente. Esses equipamentos têm como função primordial a eliminação ou a redução dos riscos de acidente na própria fonte. O EPC também podem intervir nos métodos e processos de trabalho em todos os meios de trabalho.

Podemos dizer com certa convicção que os EPC são as primeiras preocupações a serem resolvidas como meio de controle, eliminação ou redução de riscos no ambiente de trabalho e que devem ser inseridos desde a fase inicial do projeto do ambiente laboral se estendendo até a execução de cada atividade dentro dos processos.

Como mencionado anteriormente, a manutenção é uma atividade de muitos riscos devido a maior exposição desses colaboradores então as condições adequadas desses equipamentos é muito importante para que as probabilidades de algum tipo de acidente ou problemas de saúde aconteçam seja limitado ou preferencialmente seja zero.

Podemos afirmar que em se tratando do EPC o papel dos gestores e da Segurança do trabalho é prioritário cabendo a eles garantir que a segurança esteja em primeiro lugar na sua gestão. Isso pois do contrário poderíamos ter algumas implicações de modo a prejudicar todo trabalho da equipe e consequentemente para o colaborador da manutenção e de todas as áreas envolvidas.

Vejamos primeiramente alguns tipos comuns de EPC’s:

  • Extintores de incêndio
  • Sistemas de hidrantes
  • Sistemas de exaustão
  • Sistemas de ventilação
  • Sistemas de sinalização
  • Enclausuramento
  • Comando bi manual
  • Cabos de segurança
  • Corrimão e guarda corpo
  • Lava olhos e chuveiro de emergência
  • Detectores de fumaça

Nas próximas publicações descreveremos com detalhes cada tipo de EPC descrito acima. Deixe seu comentário, sua opinião é muito importante.

Comentários

6 respostas para “EPC na Segurança dos colaboradores”

  1. evellen disse:

    quais os tipos de acidentes mais comuns relacionado aos epc ?

  2. evellen disse:

    quais os tipos de acidentes mais comuns relacionado aos epc ?

    • Luis Cyrino disse:

      Olá Evellen, sua pergunta é muito interessante e ao mesmo tempo difícil de encontrar um dado confiável para essa questão. Em todos os relatórios que já visualizei sempre trazem os acidentes mais comuns que acontecem de forma individual sem classificar se foi por falta de EPI ou EPC. Eu particularmente acredito que os maiores problemas de causas de acidentes por falta do EPC está no quesito “falta de sinalização”. Um ambiente que esteja propício a acidentes e que não esteja com uma sinalização adequada pode gerar acidentes recorrentes. Vou buscar mais informações sobre a sua questão, caso encontre lhe envio no seu e-mail. Obrigado pelo questionamento, muito pertinente.

  3. Henrique de Moraes disse:

    Luís,os cartões de bloqueio utilizados na manutenção corretiva de equipamentos movéis e semi-movéis,são considerados como EPCs?

    • Luis Cyrino disse:

      Ótima pergunta Henrique, parabéns!! Analisando os conceitos de EPI e EPC acredito que os dispositivos de bloqueio em geral podem ser considerados como um EPC sim, afinal estamos protegendo não só o trabalhador que está realizando a atividade como as pessoas ao seu redor. Portanto na minha visão eles são tipos de EPC e também como um EPI.

  4. Henrique de Moraes disse:

    Obrigado,Luís tenho apreendido muito por aqui!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *