Norma BRCGS e ISO 9001 na Manutenção

Luis Cyrino
25 mar 2024
0
504

Norma BRCGS e ISO 9001 na Manutenção

A norma que traz o Padrão Global de Segurança de Alimentos da BRCGS é considerado como uma referência para o cumprimento de boas práticas em padrões da indústria alimentícia. E é um padrão na área de produção de alimentos reconhecido pelo GFSI (Global Food Safety Initiative).

A norma internacional da BRCGS – British Retail Consortium Global Standard, tem o objetivo de certificar empresas para a competência de gerenciar alguns planos em matéria de:

  • APPCC – Análise de Perigos e Pontos Críticos de Controle ou HACCP – Hazard Analysis Critical Control Point;
  • Padrões de higiene;
  • Segurança alimentar;
  • Armazenagem e distribuição;
  • Materiais de embalagem, e;
  • Sistemas da Qualidade.

Pontos da norma BRCGS que convergem para a ISO 9001:2015

3.2.1 – A empresa terá um procedimento para gerenciar documentos que fazem parte da segurança alimentar e do SISTEMA DA QUALIDADE.

  • Neste item podemos relacionar com os 7 princípios da gestão da qualidade que norteiam a ISO 9001:2015. Só neste item da norma BRC já relacionamos a mesma com a ISO 9001:2015 em sua totalidade.

3.4.1 – Haverá um cronograma de AUDITORIA INTERNA ao longo do ano com um escopo que abranja a implementação do programa de APPCC, programas de pré-requisitos e procedimentos implementados para cumprir esta norma.

  • Aqui relacionamos a norma BRCGS com o item 9.2 da norma ISO 9001:2015:

9.2 Auditoria interna

9.2.1 A organização deve conduzir auditorias internas a intervalos planejados para prover informação sobre se o sistema de gestão da qualidade:

3.5.3.1 – Haverá um procedimento documentado para aprovação e monitoramento de prestadores de serviços, tais como: SERVIÇO DE MANUTENÇÃO DE EQUIPAMENTOS TERCEIRIZADOS.

  • Quanto a este item, a norma BRCGS está relacionada com o tópico 8.4 da norma ISO 9001:2015 que diz:

8.4 Controle de processos, produtos e serviços providos externamente

8.4.1 Generalidades

A organização deve assegurar que processos, produtos e serviços providos externamente estejam conformes com requisitos.

  1. a) produtos e serviços de provedores externos forem destinados a incorporação nos produtos e serviços da própria organização;
  2. c) um processo, ou parte de um processo, for provido por um provedor externo como um resultado de uma decisão da organização.

3.11.1 – A empresa terá procedimentos documentados criados para comunicar e gerenciar de maneira eficaz os potenciais incidentes e situações de emergência que afetem a segurança, legalidade e qualidade de produto do alimento. PLANO DE CONTINGÊNCIA para interrupções de serviços essenciais como água, energia elétrica, transporte, processos de refrigeração.

  • O item 7.1.3 da norma ISO 9001:2015 expressa bem a necessidade de se manter uma gestão de riscos para continuidade de suas operações, isso se faz com um plano de contingência que a norma BRCGS também coloca como um requisito.

7.1.3 lnfraestrutura

A organização deve determinar, prover e manter a infraestrutura necessária para a operação dos seus processos e para alcançar a conformidade de produtos e serviços.

4.1.3 – A ESTRUTURA DO EDIFÍCIO PASSARÁ POR MANUTENÇÃO que minimize o potencial de contaminação do produto.

  • Norma ISO relacionada:

7.1.3 lnfraestrutura

A organização deve determinar, prover e manter a infraestrutura necessária para a operação dos seus processos e para alcançar a conformidade de produtos e serviços.

4.4.1 – As PAREDES SERÃO ACABADAS E MANTIDAS de forma a impedir o acúmulo de sujeira, minimizar a condensação e proliferação de mofo e facilitar a limpeza.

  • Norma ISO relacionada:

7.1.3 lnfraestrutura

A organização deve determinar, prover e manter a infraestrutura necessária para a operação dos seus processos e para alcançar a conformidade de produtos e serviços.

4.4.2 – Os pisos serão adequadamente resistentes ao desgaste para atender às demandas do processo e resistir a materiais e métodos de limpeza. Eles serão impermeáveis e MANTIDOS EM BOM ESTADO DE CONSERVAÇÃO E LIMPEZA.

  • Norma ISO relacionada:

7.1.3 lnfraestrutura

A organização deve determinar, prover e manter a infraestrutura necessária para a operação dos seus processos e para alcançar a conformidade de produtos e serviços.

4.4.10 – Haverá ILUMINAÇÃO ADEQUADA E SUFICIENTE para a operação correta de processos, inspeção do produto e limpeza eficaz.

  • Norma ISO relacionada:

7.1.3 lnfraestrutura

A organização deve determinar, prover e manter a infraestrutura necessária para a operação dos seus processos e para alcançar a conformidade de produtos e serviços.

4.7 Manutenção – Haverá um PROGRAMA DE MANUTENÇÃO eficaz na operação da fábrica e equipamento para impedir a contaminação e reduzir o potencial de avarias.

  • A norma ISO relacionada à um programa de manutenção que diz a norma da BRC podemos ver no item 6.2.2 que diz:

6.2.2. Ao planejar como alcançar seus objetivos da qualidade, a organização deve determinar: o que será feito; quais recursos serão requeridos; quem será responsável; quando isso será concluído e como os resultados serão avaliados.

4.16.4 – Haverá SISTEMAS DE MANUTENÇÃO e procedimentos de limpeza de todos os VEÍCULOS E EQUIPAMENTOS usados para carga e descarga. Haverá registro das medidas tomadas.

  • A norma ISO relacionada à um programa de manutenção que diz a norma da BRC podemos ver no item 6.2.2 que diz:

6.2.2. Ao planejar como alcançar seus objetivos da qualidade, a organização deve determinar: o que será feito; quais recursos serão requeridos; quem será responsável; quando isso será concluído e como os resultados serão avaliados.

6.4 – A empresa deverá demonstrar que o equipamento de medição é suficientemente preciso e confiável de modo a conferir credibilidade aos resultados aferidos. DISPOSITIVOS DE MEDIÇÃO DEVEM SER IDENTIFICADOS, CONTROLADOS E CALIBRADOS periodicamente.

  • Neste item fica claro a preocupação com a integridade das funções de instrumentos e aparelhos de medição e controle dos processos. Isso se evidencia na norma ISO 9001:2015 principalmente no item 7.1.5.2 que diz:

 7.1.5.2 Rastreabilidade de medição

Quando a rastreabilidade de medição for um requisito, ou for considerada pela organização uma parte essencial da provisão de confiança na validade de resultados de medição, os equipamentos de medição devem ser:

  1. a) verificados ou calibrados, ou ambos, a intervalos especificados, ou antes do uso, contra padrões de medição rastreáveis a padrões de medição internacionais ou nacionais; quando tais padrões não existirem, a base usada para calibração ou verificação deve ser retida como informação documentada;
  2. b) identificados para determinar sua situação;
  3. c) salvaguardados contra ajustes, danos ou deterioração que invalidariam a situação de calibração e resultados de medições subsequentes.

7.1.6 – A empresa analisará regularmente as QUALIFICAÇÕES DO SEU PESSOAL. Conforme o caso, ela oferecerá o treinamento necessário. Pode ser na forma de treinamento, cursos de reciclagem, coaching, mentoração ou experiência prática.

Podemos evidenciar essa relação com a norma ISSO 9001:2015 no item 7.2 que diz:

7.2 Competência

A organização deve:

  1. a) determinar a competência necessária de pessoas que realizem trabalho sob o seu controle que afete o desempenho e a eficácia do sistema de gestão da qualidade;
  2. b) assegurar que essas pessoas sejam competentes, com base em educação, treinamento ou experiência apropriados;
  3. c) onde aplicável, tomar ações para adquirir a competência necessária e avaliar a eficácia das ações tomadas;
  4. d) reter informação documentada, apropriada como evidência da competência.

 Conclusão

Esse entendimento é muito importante porque tem empresas que precisam dessa norma BRCGS por questões de exportação, mas não tem a ISO 9001:2015.

Só que as auditorias da BRCGS exigem alguns padrões quanto à Manutenção e nada melhor do que relacionar essa norma com as exigências da ISO 9001:2015.

Caso alguma empresa tenha essa dificuldade em tratar essas questões da BRC e ISO quanto a sua Manutenção, nó podemos ajudar, entre em CONTATO.

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *