Mantenabilidade na equipe de Manutenção

Luis Cyrino
29 jun 2017
1
3773

Mantenabilidade da equipe de Manutenção

Mantenabilidade conforme a norma ABNT NBR 5462/1994, é a capacidade de um item ser mantido ou recolocado em condições de executar suas funções requeridas, sob condições de uso especificadas, quando a manutenção é executada sob condições determinadas e mediante procedimentos e meios prescritos.

Temos outras definições, como a apresentada por Siqueira (2005), onde Mantenabilidade é “a facilidade e a rapidez com que se pode realizar uma atividade de manutenção de um item”.

Uma outra definição, mais abrangente que definem Mantenabilidade como “A característica de projeto de um equipamento e instalação, que é expressa em termos de facilidade e economia de manutenção, aumentando a disponibilidade do equipamento com segurança e precisão das ações de manutenção”, (Blanchard e Lowery, 1969).

Vale ressaltar que todas essas definições não são válidas apenas para máquinas e equipamentos como também perfeitamente aplicáveis para Edificações e redes de Infraestrutura.

Mantenabilidade e a Corretiva 

Alguém pode estar se perguntando, “mas onde se encaixa esse conceito moderno sobre a Confiabilidade e Mantenabilidade na manutenção corretiva, já que esses conceitos buscam as melhores técnicas e estratégias de manutenção?

Explico, tenho reiterado em minhas matérias sobre a manutenção corretiva, que não ter os devidos recursos para contemplar as melhores metodologias de manutenção, não é desculpa para não obter bons resultados. As vezes até tem a preventiva, mas que a Manutenção não consegue contemplar o plano anual em 100% e isso sei que tem muito por aí. Com isso a Manutenção sempre se sobrecarrega com um aumento na incidência de corretiva.

Como aplicar os conceitos da Mantenabilidade?

Vamos olhar somente sob a perspectiva do profissional de manutenção que fará a recolocação do ativo em condições de executar suas funções requeridas conforme definição da NBR 5462. Nessa condição vamos atribuir à gestão da Manutenção a necessidade de atender a alguns requisitos importantes para atender ao que diz a norma.

Vamos elencar algumas necessidades para que o pessoal da Manutenção possa executar as corretivas de forma a atender essa norma, tais como:

  1. Procedimentos

Procedimento é um documento formal que visa elaborar um padrão de conduta para certas necessidades, tem maior entendimento para atividades mais abrangentes e que servem de parâmetros para toda a empresa e também como documento que pode ser auditado. Na Manutenção é importante para determinar padrões de execução para planos de lubrificação, análises de falhas e planos de inspeções de rotina. Esses exemplos são extremamente necessários e úteis para a Manutenção corretiva.

  1. Instrução de trabalho

A instrução de trabalho é como um procedimento, mas não abrangente e tratado como um documento específico e não auditado. É uma forma de estabelecer um padrão de certas atividades que requerem uma paridade na forma de executar essa manutenção e que também chamamos de POP (procedimento operacional padrão).

  1. Equipe realmente capaz

Nesse quesito, a função do Gestor é primordial, a equipe deve ter os requisitos necessários, ou seja, pessoal qualificado para a função. Além disso, treinamentos podem ser disponibilizados conforme necessidade, a paridade de conhecimento e de atuação deve ser notório na equipe. Aqui é o primeiro passo para atender a Mantenabilidade dos ativos, aliados aos outros quesitos aqui elencados.

  1. Disponibilidade de recursos materiais

A equipe precisa dispor de todos os recursos materiais para atendimento à corretiva como ferramental individual e coletivo de boa qualidade, equipamentos que possam atender a algumas necessidades como furadeira de coluna, aparelhos de solda, torno para pequenas usinagens entre outros. Outro fator não menos importante são os sobressalentes, peças em geral e itens comuns.

  1. Segurança

Segurança é um requisito fundamental para um bom ambiente de trabalho, então a Manutenção deve dispor de um local adequado para as suas funções, disponibilidade de materiais de segurança como o EPI e o EPC. Além do mais, a Manutenção está vinculada a diversas normas regulamentadoras como a NR-8 (requisitos mínimos para as edificações), a NR-10 (requisitos quanto as atividades na área elétrica), a NR-12 (requisitos de segurança em máquinas e equipamentos), a NR-13 (requisitos para a gestão de caldeiras e vasos de pressão) e a NR-35 (requisitos de segurança para trabalhos em altura).

  1. Desenvolvimento de pessoal

Trabalhar de forma efetiva no desenvolvimento de pessoal com treinamentos diversos conforme mapeamento das habilidades técnicas e comportamentais. Isso pode ser feito através da avaliação de desempenho e da Matriz por competências e cabe ao gestor essa atribuição.

  1. Programas de melhorias

Desenvolver junto a equipe a formação de grupos de melhorias voltados aos problemas identificados e que de alguma maneira comprometem sobremaneira o desempenho de algum ativo. Essa é uma maneira de motivar a equipe a desenvolver seu senso crítico e buscar ideias e sugestões para resolver certos problemas de difícil solução.

  1. Gestão à vista

A gestão a vista da Manutenção é uma importante ferramenta usada para organizar as atividades do setor e por outro lado, mostrar a gestão dos indicadores principalmente os ligados com os resultados diretos da equipe de trabalho.

São informações importantes que toda a equipe precisa entender o seu significado e interagir com os dados que estão diretamente ligados ao dia a dia, por exemplo, um indicador diário de “falhas e/ou quebras” de máquinas e equipamentos.

Conclusão

Pergunto aos colegas, todas essas necessidades elencadas têm alguma dificuldade de execução por problemas de recursos financeiros? Sinceramente acredito que não, pode ser necessário algum recurso é claro, mas nada que possa ser um impeditivo para sua execução.

Então lhes pergunto, isso não atende de alguma maneira a norma da Mantenabilidade? Todas essas necessidades atendidas com certeza farão com que a equipe da Manutenção consiga atender as necessidades dos ativos de forma satisfatória, mesmo sem recursos maiores como preventiva, preditiva entre outros.

Então meus caros, é desculpa de muitos gestores em dizer que não conseguem resultados por falta de recursos. Podemos não conseguir uma eficiência maior devido à falta desses recursos com certeza, mas podemos fazer um bom trabalho aplicando métodos que dependem apenas de competência e vontade por parte da Gestão. Como sempre digo, se você não tem tudo o que precisa, faça o seu melhor com o que você tem.

Comentários

Uma resposta para “Mantenabilidade na equipe de Manutenção”

  1. A. Lini disse:

    Artigo muito bom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *