Padrão de limpeza do pilar MA

Luis Cyrino
2 maio 2019
0
836

Padrão de limpeza do pilar MA

Padrão de limpeza é uma das atividades a serem realizadas durante a implantação das etapas do pilar da Manutenção Autônoma. Isso é efetivamente realizado na etapa 3 que trata da elaboração dos padrões provisórios de limpeza, lubrificação e inspeção.

As etapas 1 a 3 dão prioridade a suprimir os elementos que causam a deterioração acelerada, prevenir e reverter a deterioração, e estabelecer e manter as condições básicas da máquina ou equipamento.

Paralelamente, os objetivos destes passos são conseguir que os operadores se interessem e se responsabilizem pelas suas máquinas e ajudá-los a mudar a imagem de meros apertadores de botões de painéis e ajustadores.

Padrão num conceito amplo

Já que estamos falando de padrão, vamos entender o que significa esse termo de um modo genérico. Padrão é algo que se repete, com frequência, pode ser um modelo a ser seguido por meio de regras pré-estabelecidas. Podemos dizer ainda que se trata de algo como um modo regular ou lógico a ser seguido.

Padrão de limpeza

Baseado nesses conceitos a metodologia TPM trouxe na etapa 3 do pilar MA, a necessidade de se elaborar um padrão de limpeza. Talvez muitas pessoas achem um exagero criar um padrão para realizar uma limpeza, mas certamente não é.

Como a metodologia TPM trata todas as questões de implantação como uma cultura, nada melhor que padronizar as atividades. Isso faz com que as pessoas façam as atividades mais importantes de forma correta, da mesma maneira. Esse modo de fazer as coisas evita erros e desculpas do tipo “eu não sabia que era assim”.

Como elaborar o padrão de limpeza?

Padrão, POP ou procedimento é um documento e, portanto, deve respeitar algumas premissas na sua elaboração. Vamos elencar um modelo para nosso entendimento, nada engessado é claro, cada empresa normalmente tem o seu padrão.

Cabeçalho

Descrevemos aqui o título do padrão que está sendo elaborado, identificação da máquina, Tags, setor entre outros. Em seguida descrevemos o título do local, conjunto da máquina do que se trata essa limpeza e os itens ou subconjuntos que fazem parte.

Podemos inserir nessa parte também o objetivo de se fazer essa limpeza, pode parecer obvio, mas tudo que deveria ser lógico as vezes é melhor estar escrito.

Informações básicas

O próximo passo é descrever algumas informações importantes sobre essa limpeza como tempo previsto de execução, periodicidade que isso será feito e os sentidos humanos a serem usados.

Outra informação não menos importante é listar os utensílios necessários para realizar essa limpeza.

Local da limpeza

Aqui nós colocamos uma imagem do layout da máquina com a parte ou conjunto que será efetuada a limpeza. As ilustrações por meio de imagens, fotos, desenhos, sempre deve fazer parte de padrões ou procedimentos, isso ajuda demais no entendimento do que está sendo descrito.

Descrição do padrão

Nesta parte do documento vem a descrição exata do passo a passo, de todas as etapas sequenciais do procedimento. E cada etapa deve vir com uma imagem ilustrando exatamente o que está sendo dito, um meio didático essencial.

Importante também iniciar a descrição das etapas com as instruções de segurança como isolamento da área, cadeado de segurança, placas de sinalização, entre outras medidas.

Observações

Ao final de cada limpeza é necessário identificar e anotar no documento impresso toda e qualquer anomalia encontrada. E diante de coisas do tipo serem identificadas, tomar as ações imediatas para correção.

Sempre devemos ter em mente que uma limpeza é uma oportunidade excelente para se fazer uma inspeção na máquina ou parte dela. Não esquecer também de colocar nesse documento um local para identificação de quem realizou e data da mesma.

Conclusão

Essa etapa 3 que trata desse padrão começa dizendo “padrão provisório”, é uma maneira de fazermos as coisas sempre pensando que pode melhorar. Tudo que fazemos pode ser aperfeiçoado, alterado, ou melhorado, basta ter uma visão da melhoria contínua onde nada pode ser “engessado”.

A limpeza juntamente com a lubrificação de máquinas e equipamentos são essenciais para seu bom desempenho. São atividades tão importantes e muitas vezes negligenciadas pelos gestores, infelizmente. São ótimas oportunidades para serem realizadas como uma inspeção também, pense nisso.

O Manutenção em Foco tem Soluções e Treinamentos voltadas para esse e outros temas que envolvem a metodologia TPM, entre em contato e solicite uma visita sem compromisso.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *