Processo de gestão do PCM utilizando o ciclo PDCA

Luis Cyrino
15 mar 2017
0
3393

Processo de gestão do PCM utilizando o ciclo PDCA

Processo de gestão do PCM – A área de Manutenção acredito que hoje é considerada um setor estratégico dentro das organizações e com isso sua maior finalidade é fazer uma gestão voltada na definição de metas e objetivos visando à obtenção de maior eficiência, ou seja, melhor aproveitamento dos recursos internos para otimizar a disponibilidade e confiabilidade de máquinas e equipamentos.

E o PCM como uma área estratégica na gestão da Manutenção pode utilizar o ciclo PDCA como ferramenta de gestão administrativa e como uma ferramenta de melhoria continua dos seus processos. Podemos agir com vários tipos de plano de ação para eliminar uma não conformidade identificada:

  1. Ação corretiva – Plano de ação para eliminar a causa de uma não conformidade existente, visando eliminar ou reduzir a possibilidade de reincidência dessa não conformidade.
  2. Ação preventiva – Plano de ação para eliminar a causa de uma não conformidade potencial, visando eliminar ou reduzir a possibilidade de ocorrência dessa não conformidade
  3. Ação de melhoria – Plano de ação para implementar melhorias contínua nos processos.

Etapas do ciclo PDCA

Como visto em etapas anteriores, vamos recapitular o conceito básico desse método de gestão:

  1. Planejar

Estabelecer os objetivos e processos necessários para entregar resultados de acordo com o projetado (objetivos ou metas).

  1. Fazer / executar

Implementar o plano de ação, executar o processo e coletar dados para mapeamento e análise dos próximos passos.

  1. Conferir/Checar

Estudar o resultado e compará-lo em relação aos resultados esperados (objetivos estabelecidos no passo “PLANEJAR”) para determinar quaisquer diferenças.

  1. Agir e/ou Ajustar

Tomar ações corretivas sobre as diferenças significativas entre os resultados reais e planejados.

O PCM pode elaborar um PDCA para gerenciar suas atividades buscando sempre o aperfeiçoamento de seus métodos e processos para o alcance dos objetivos da manutenção como um todo. Podemos citar a utilização desse método PDCA por exemplo, em problemas na gestão das ordens de serviços em geral ou falhas no processo de inspeções de rotina, ou seja, são atividades pertinentes ao PCM e que pode ser resolvido aplicando o PDCA.

Exemplo prático

O pessoal do PCM tem tido problemas com as ordens de serviço de toda ordem, quer seja por não estarem sendo preenchidas corretamente ou não são entregues num prazo pré-determinado após a conclusão dos serviços, falta de informações ou desaparecimento do documento. Quais as reais dificuldades que estão acontecendo?

Fazendo o PDCA:

Planejar – identificado basicamente que o pessoal da manutenção não tem a devido conhecimento da importância desse preenchimento e falta clareza das informações relevantes que devem conter na OS. O PCM define o plano de ações para sanar esses problemas:

  1. Elaborar um treinamento sobre o preenchimento correto da OS para todos da equipe;
  2. Elaborar um exemplo de preenchimento e fixar no quadro de gestão a vista da Manutenção;
  3. Manter um fluxograma desde a emissão até o fechamento da OS também no quadro de gestão a vista da Manutenção.
  4. Elaborar um procedimento sobre esse fluxo, se já tinha, verificar possíveis atualizações e dar uma cópia para cada um.

Fazer / executar – conforme o plano de ações já definido, colocar em prática junto a equipe respeitando os prazos estabelecidos e colher as assinaturas da equipe de que receberam esse treinamento.

Conferir / checar – definir um prazo para medir os resultados e fazer o acompanhamento do fluxo da OS e medir os resultados comparando com os resultados anteriores.

Agir / ajustar –  verificar os possíveis desvios conforme o plano de ações e corrigir se for o caso implementado ações corretivas. Caso o resultado esteja conforme o esperado concluir o processo e ficar atento para que não haja reincidência.

Conclusão

Como podemos observar, o ciclo PDCA é muito usual para processos de gestão como inicialmente foi concebido e procuramos mostrar num exemplo prático de como o PCM pode utilizar esse método durante suas atividades de gestão e principalmente quando perceber que desvios dos seus processos estão sendo percebidos.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *