Solicitação de Manutenção de corretiva

Luis Cyrino
4 jan 2017
0
3334

Solicitação de Manutenção 

Conceito da Solicitação de Manutenção

Solicitação de Manutenção basicamente podemos afirmar que é um documento que tem a função de emitir comunicações internas em uma empresa a respeito de um trabalho que precisa ser efetuado. Trata-se de um instrumento pelo qual se determina por meio de um fluxograma e procedimentos, a forma para a execução de serviços de qualquer natureza.

A nomenclatura varia entre as empresas sobre esse documento de intervenção de corretiva, mas a finalidade é a mesma, comunicar um problema que precisa ser resolvido pela Manutenção.

A emissão desse documento, (de agora em diante vamos chamar de SM), pode ser emitido de duas formas, em documento físico, ou seja, preenchido manualmente e outra forma mais moderna, via algum sistema de rede interna. De qualquer forma esse documento chega na área de Manutenção para que sejam tomadas as providências imediatas para tratativa da ocorrência.

O que deve conter numa Solicitação de Manutenção?

Entendo que devemos considerar duas vertentes sobre as informações que devem conter numa SM, uma sobre o lado emissor e outro sobre o lado receptor:

Emissor da SM:

Dedicado às informações sobre o solicitante do serviço e que devem conter no mínimo: área, nome da máquina ou equipamento, data e hora da parada, nome do emissor e principalmente uma breve descrição do problema. Uma outra informação importante, mas que não precisa do emissor é quanto ao número da SM pois isso independentemente da forma de preenchimento, deve ser um número sequencial e automático.

Isso é essencial para registro da área do PCM no sistema de informações e para uma possível necessidade de rastreabilidade do problema e serviço executado em caso de alguma necessidade principalmente quando se faz uma análise de falhas.

Receptor da SM:

Dedicado às informações que serão relatadas pelo executante do serviço solicitado e que devem conter no mínimo: nome do executante, data e hora do encerramento do serviço e liberação, descrição de peças ou componentes utilizados e descrição do serviço executado.

Importante também conter nessa SM o “OK” do setor solicitante que reconhece o serviço como concluído, normalmente assinando num local determinado na mesma SM.

Finalidade essencial de uma SM

Como citado no início da matéria, uma SM é um documento e como tal tem a sua finalidade de existir então podemos afirmar que além de ser utilizada para padronizar um meio de comunicação interna sobre os serviços necessários em máquinas e equipamentos, tem outra função primordial que é de fornecer informações para a geração de um banco de dados por meio do registro dessas informações via área do PCM.

Isso é feito por meio de algum software específico ou outro meio disponível, normalmente usando planilhas criadas no Excel e para isso também é importante que todo esse trabalho siga um fluxo ordenado de forma que todas essas intervenções de corretiva sejam registradas.

Estratégia do PCM sobre a SM

 As atividades baseadas em SM devem ser realizadas com alguns critérios que a área do PCM deve estabelecer para que tudo ocorra de forma a trazer benefícios para a Manutenção, digo isso quanto ao planejamento e controle que essa área deve exercer sobre essa atividade da Manutenção. Para tanto é importante que seja criado pelo PCM os seguintes documentos:

Procedimento da SM: definir o passo a passo da SM desde a sua emissão, recepção, encerramento e entrega ao setor do PCM. Esse procedimento deve ser do conhecimento de todos os envolvidos.

Fluxograma da SM: deve ser criado um fluxograma sobre o “caminho” que essa SM deve seguir conforme a descrição do procedimento, esse é um meio de desenhar o que deve ser feito, muito prático e didático. Esse fluxograma normalmente fica exposto no quadro de gestão a vista da Manutenção.

Essa SM em forma de um documento físico também tem outra finalidade mesmo após ser registrada eletronicamente (Software ou Excel). Usada para efeitos de consulta rápida do pessoal da Manutenção e para efeitos de auditoria externa quando a empresa é certificada pela ISO 9000. É necessário um local físico para a guarda desses documentos e se recomenda que seja guardado pelo menos dos últimos 90 dias, ou seja, três meses.

Nota: a política adotada nas empresas pode ter tratamentos diferentes quanto ao caminho da solicitação de manutenção, ou seja, essa SM de corretiva pode ser enviada diretamente ao PCM que por sua vez gera uma ordem de serviço (OS) via sistema para a Manutenção.

Esse procedimento é mais comum para outros tipos de Manutenção como preventiva, corretiva planejada, intervenções de melhorias, ou seja, todo tipo de manutenção programada.

Por se tratar de corretiva, o envio direto para a Manutenção acredito ser mais viável e acredito ser mais comum nas empresas. Mas como dito anteriormente, isso é uma prerrogativa de cada empresa de como tratar com esse fluxo da solicitação de manutenção quando se trata de corretiva. O objetivo da matéria é esclarecer a importância do documento em si e suas principais finalidades.

Conclusão

Como podemos notar, uma simples solicitação de manutenção, é um documento que deve ser tratado adequadamente pois gera informações essenciais para que a gestão da Manutenção juntamente com o PCM, tomem decisões importantes baseado em dados coletados a partir dessas informações geradas pela SM.

É um caminho para se determinar a alocação de recursos certos para a resolução de problemas e por fim para amenizar o impacto desse tipo de intervenção indesejada no meio produtivo.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *