WCM – Manufatura classe mundial

Luis Cyrino
2 jul 2017
1
10524

WCM – Manufatura classe mundial

WCM (World Class Manufacturing) é um conjunto de conceitos, princípios, políticas e técnicas, tem origem no “Sistema Toyota de Produção” (TPS). A proposta do Prof. Hajime Yamashina é que o programa WCM se baseie em dez pilares técnicos / operacionais e dez pilares gerenciais.

O WCM é um sistema de gestão integrado que tem como objetivo principal a redução de custos. Visa otimizar Logística, Qualidade, Manutenção e Produtividade para níveis de classe mundial, através de um conjunto estruturado de métodos e ferramentas.

Pilares técnicos

Segurança, Desdobramento dos custos, Melhoria focada, Manutenção autônoma/Organização do posto de trabalho, Manutenção profissional, Controle de qualidade, Logística, Gestão preventiva de equipamentos/Gestão de novos produtos, Desenvolvimento de pessoas e Meio ambiente/Energia.

Pilares gerenciais

Compromisso da direção, Clareza dos objetivos, Rota do WCM, Alocação de pessoas qualificadas, Compromisso da organização, Competência da organização, Tempo e Budget, Nível de detalhe, Nível de expansão e Motivação dos operadores.

WCM baseia-se em 3 elementos essenciais:

  1. No combate sistemático a cada desperdício e perda existente em toda a cadeia (cliente-fornecedor-fornecedores);
  2. No envolvimento das pessoas e respectivos desenvolvimento de suas competências e;
  3. Na utilização rigorosa de métodos e ferramentas apropriados para as ineficiências do processo.

O WCM leva em consideração conceitos de vários sistemas e ferramentas, tais como:

TQC – Controle da Qualidade Total: Uso 7 ferramentas da qualidade: diagrama de Pareto, diagrama de causa e efeito, fluxograma, folhas de verificação, histograma, diagrama de dispersão e gráficos de controle (CEP).

TPM – Manutenção Produtiva Total: Baseado em pilares como a melhoria focada, manutenção planejada, autônoma, educação e treinamento, qualidade e segurança.

TIE – Engenharia Industrial Total: Uso das 7 ferramentas do engenheiro industrial: análise do processo, da eficácia da produção, estudo dos movimentos, do tempo, balanceamento de linha e sequenciamento, manuseio de material e melhoria de layout.

Sistema Lean: Uso de diversas ferramentas como o JIT (just in time), Kaizen, Poka Yoke, Kanbam, 5 Gs, Jidoka, entre outros.

Seis Sigma: Baseado em sistemas inspirados no ciclo PDCA: DMADV e o mais usual DMAIC, baseado na análise dados estatísticos, focados em melhorar produtos, serviços e processos já existentes.

Resultados do WCM 

Uma questão importante no processo de cumprimento das metas está relacionada à conscientização dos funcionários sobre as mudanças que devem ocorrer, de modo que o sistema WCM possa desempenhar sua função em uma organização.

O desenvolvimento dessa consciência deve passar por estágios subsequentes da maneira de pensar e atuar dos funcionários. A conscientização dos funcionários pode ser classificada em cinco níveis básicos:

Nível 1: os funcionários não veem problemas ou questionam sua existência.

Nível 2: os funcionários admitem que notaram um problema, mas eles acham desculpas alegando que o problema está além de suas habilidades.

Nível 3: os funcionários admitem que existem problemas na sua empresa, mas eles não sabem como resolvê-los.

Nível 4: os funcionários percebem problemas, podem identificá-los e selecionar uma solução usando um método apropriado.

Nível 5: os funcionários conhecem o tipo de problemas e métodos apropriados para resolvê-los. Eles também podem obter outras pessoas envolvidas para eliminar os problemas.

A melhoria contínua no âmbito da WCM visa atingir o quinto nível de conscientização dos funcionários. Os seguintes elementos são necessários para que a WCM seja implementada em uma empresa:

– Conhecimento necessário para melhorar processos e eliminar perdas.

– O compromisso dos funcionários que utilizam todo o seu potencial para “atacar” e eliminar os problemas.

– A teoria WCM deve ser processada e usada em ações práticas.

Implementação do WCM

O WCM é implementado por meio do processo em cascata. A seleção apropriada de pessoas capazes de cooperar em equipe é crucial para a realização dos objetivos estabelecidos. Começa com a implementação de um modelo em um grupo seleto e, gradualmente, envolve mais e mais pessoas envolvidas. Ao longo do processo de mudanças, o funcionário deve perceber que sua atitude está sendo observada.

Não são aspectos quantitativos do trabalho que são importantes, mas sua atividade mais organizada e ordenada.

O WCM apresenta as seguintes mudanças no funcionamento de uma empresa:

  1. A abordagem 360º – abrange as atividades de toda a planta.
  2. Com base na implantação de custos – explora as perdas existentes e permite que sejam tomadas medidas corretivas apropriadas.
  3. A metodologia WCM se torna uma ferramenta objetiva para medir a eficácia das soluções empreendidas.
  4. O idioma comum permite a implementação e manutenção de certos padrões em diferentes plantas.
  5. Melhores Práticas – o uso da experiência de outras empresas.
  6. WCM como método de determinação do orçamento para os próximos anos.

No sistema WCM, cada metodologia (Pilar) está equipada com ferramentas necessárias para a melhoria contínua e eliminação de resíduos. Essas ferramentas são selecionadas com base em requisitos reais do Pilar, em condições reais de implementação.

Cada metodologia (Pilar) tem sua linha de implementação. Consiste em sete etapas básicas. No início, aplica-se o chamado “Passo de Entrada”, cujo resultado é certificado.

A avaliação fornece uma base para uma decisão sobre as próximas etapas, que são continuadas apenas quando os benefícios econômicos podem ser demonstrados. Se eles são difíceis de precisar ou de se determinar, a aprovação da etapa do Pilar é retida até que os benefícios econômicos possam ser evidenciados como determina a fase do pilar.

Conclusão

O WCM (World Class Manufacturing) é um programa ou sistema de gestão com base no padrão de melhoria contínua tanto na logística como na produção.

O WCM detecta e elimina perdas e os custos resultantes. Os resíduos são analisados, avaliados e atribuídos a processos relevantes. O resultado de uma análise bem conduzida, aponta para o modo ou melhor caminho de intervenção.

Para alcançar um nível de classe mundial apropriado, o WCM influencia todos os processos de produção e logística, apoiando-os com um sistema de auditoria e medindo-os com indicadores relevantes.

Fonte bibliográfica:

Silesian University of Technology, Faculty of Organisation and Management Institute of Production Engineering.

Comentários

Uma resposta para “WCM – Manufatura classe mundial”

  1. Excelente publicação na qual é exemplificado metodologias e pilares no conceito de manufatura, pois estamos entrando na quarta geração na era da revolução industrial.

    Teremos que mudar vários conceitos para acompanhar novas tecnologias já implementado em alguns processos industrias de produção. Acredito que haverá mudanças também nas instituições de ensino para novos profissionais.

    As empresas terão que acompanhar com inovações e transformação através inteligência artificial, robótica e telecomunicação para um melhor atendimento aos clientes e seus processos industriais.

    Obrigado por compartilhar conosco seus conhecimentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *