Auditoria ISO 9001 na Manutenção

Luis Cyrino
30 jan 2017
2
4511

Auditoria ISO 9001 na Manutenção

Conceito de Auditoria

Auditoria é um exame cuidadoso e sistemático das atividades desenvolvidas em determinada empresa. Seu objetivo é averiguar se elas estão de acordo com as planejadas e/ou estabelecidas previamente, se foram implementadas com eficácia e adequadas (em conformidade) à consecução dos objetivos. As auditorias podem ser classificadas em: auditoria externa e auditoria interna.

(Fonte: Wikipédia)

Função do auditor

Basicamente nos processos de avaliação por meio de auditorias e de agora em diante baseada numa auditoria externa, ou seja, independente, o auditor pode detectar a ocorrência de falhas relacionadas aos processos ou produtos. Ou seja, o não atendimento a um requisito, norma ou expectativas dos clientes ou das empresas, relacionadas aos processos ou produtos, que são denominadas tecnicamente de Não Conformidades.

Função do auditor é identificar fontes que podem gerar uma não conformidade.

Podemos citar algumas, tais como:

  1. Falhas no atendimento aos requisitos de normas, especificações técnicas e documentos de referência, relacionados aos processos ou produtos.
  2. Erros no atendimento aos requisitos de documentos do Sistema de Gestão.
  3. Documentos e dados técnicos insuficientes, incompletos ou com erros, que possam impedir a demonstração clara da conformidade esperada para produtos e serviços.

As pessoas das áreas auditadas devem ficar cientes que as “não conformidades” encontradas pelo auditor, não têm caráter punitivo. Elas são abertas para os processos e não para pessoas. Devem ser vistas por todos da organização como grande oportunidade de melhorias em seus sistemas de gestão, processos e produtos.

Uma vez, ciente da “não conformidade”, o auditado deverá iniciar de imediato as análises de causas das falhas nos itens auditados que foram encontradas essas “não conformidade”, para levantar um plano de ações com prazos e responsáveis por essas ações corretivas.

Auditoria na Manutenção

A auditoria na Manutenção consiste em um exame detalhado de análise das práticas de Engenharia de Manutenção verificando os sistemas e procedimentos utilizados pela organização para definição dos requisitos básicos de manutenção do parque fabril.

Basicamente essa auditoria busca elementos de confirmação desses processos da gestão da Manutenção. Por experiência própria podemos entender de duas maneiras o que o auditor procura evidenciar. Primeiro pelo que você diz que faz para gerenciar o setor e segundo pelo entendimento básico das práticas em geral das organizações que o auditor tem.

Então procure apenas responder o que o auditor quer saber e acredito que as perguntas mais comuns são:

  1. Existe um plano de manutenção preventiva anual?
  2. O setor possui um plano de lubrificação de máquinas e equipamentos?
  3. Quais os procedimentos de trabalho, padrões da área da Manutenção?
  4. Existe um critério para classificação de máquinas e equipamentos (classificação A B C)?
  5. Existe um planejamento para calibração de instrumentos em geral?
  6. A Manutenção possui indicadores e metas para controle de desempenho?
  7. Tem algum plano de Manutenção preditiva?
  8. Como são controladas as solicitações de manutenção corretivas e planejadas (emissão, registro e local)?
  9. Existe um controle de solicitações de peças de estoque?
  10. O setor possui uma biblioteca ou nas próprias máquinas e equipamentos, manuais e catálogos disponíveis para consulta da equipe de manutentores?

Se você possui dados e comprovação dos itens acima, com certeza sua área de Manutenção está bem posicionada perante uma auditoria externa.

Baseado nesses itens acima, que acredito serem os mais comuns de serem passíveis de questionamentos por parte de uma auditoria, podemos fazer uma avaliação do setor de Manutenção e acredito, buscar com isso:

  1. Melhorar o planejamento e execução das atividades de manutenção;
  2. Avaliar o estágio atual de desenvolvimento da Engenharia de Manutenção;
  3. Alertar níveis superiores da organização sobre a necessidade de melhorias;
  4. Comparar o estágio da empresa com as melhores práticas de manutenção;
  5. Recomendar melhorias contínuas no processo de manutenção;
  6. Verificar necessidades de treinamento e qualificação dos manutentores;
  7. Aferir o ponto de partida para o plano estratégico da manutenção.

Conclusão

Como vimos nessa matéria, uma auditoria nos moldes como relatamos onde se baseia na norma de certificação da ISO 9001, caracteriza-se pela aplicação da avaliação operacional e administrativa numa determinada organização. Cada organização possui necessidades próprias e, sendo assim, é aplicado e desenvolvido um programa para a avaliação dos controles internos de acordo com os processos, a carteira de clientes e fornecedores, os projetos, as atividades em geral, o sistema de gestão e as operações.

E como relatamos acima na matéria, essa auditoria não pode ser encarada pelos auditados, como punitiva. Se a organização quer essa certificação ou a manutenção da mesma com o objetivo de manter-se competitiva no mercado, precisa buscar a excelência em todos os aspectos de gestão. E quando dessa auditoria forem encontradas as “Não conformidades”, entender que se trata de um a oportunidade de corrigir os desvios e colocar-se num nível de alto padrão em seu segmento.

Comentários

2 respostas para “Auditoria ISO 9001 na Manutenção”

  1. Antônio Dimas Bussadori disse:

    Escreva aquilo que você executou.

    Execute aquilo que você escreveu.

    Pronto.

  2. Juliana Pereira disse:

    Justo o que eu procurava sobre calibração de instrumentos obrigada

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *