Controlar a Manutenção é essencial

Luis Cyrino
17 dez 2017
0
475

Controlar a Manutenção é essencial

Controlar é uma das funções que compõem o processo administrativo em geral. A função controlar consiste em averiguar as atividades efetivas, se estão de acordo com as atividades e como foram projetados originalmente, ou seja, que foram previamente planejadas.

Oliveira (2005, p. 427) explica que controlar é comparar o resultado das ações, com padrões previamente estabelecidos, com a finalidade de corrigi-las se necessário.

Segundo a obra original de Jules Henri Fayol, é no controle que se resulta a função administrativa. Onde sempre o administrador/gestor, partindo do necessário planejamento e organização estabelecidos, tem a possibilidade de identificar, analisar, avaliar e controlar a resultante de todo seu planejamento.

Manutenção e seu controle

Controlar a Manutenção, compreende principalmente tudo aquilo que foi planejado, requisitos básicos para uma gestão eficiente. Acredito que controlar a Manutenção tem seu foco principal numa combinação de responsabilidades que vão desde controlar as atividades já planejadas (preventivas, corretivas, preditivas, lubrificação, etc.) até outros como custos e indicadores.

Acredito que esses controles mencionados acima, atividades planejadas, custos e indicadores são os principais. São basicamente “em cima” deles que o PPCM deve focar seus esforços.

Simultâneamente ao controlar esses itens trazemos também os controles do foco principal do planejamento onde temos os recursos de mão de obra e sobressalentes. Ou seja, controlar a Manutenção tem muitas responsabilidades importantes onde temos como resultado, o entendimento dos resultados de tudo que foi planejado.

Responsabilidades desse controle

Como mencionado na matéria sobre “Planejamento da Manutenção”, temos em muitas empresas o setor do PPCM como responsável por planejar e também controlar as atividades do setor.

Isso fica evidente pois ao planejar e controlar as atividades do setor, o PPCM precisa fazer a correlação de tudo o que foi planejado e entender por meio de controles, como se comportou a finalização dessas atividades, a contento ou não.

Controlar as atividades planejadas

Esse talvez seja o tipo de controle mais complexo, a alocação dos recursos de mão de obra e sobressalentes. São essencialmente o dia a dia da equipe de Manutenção, onde planejar e controlar é fazer com que tudo se desenvolva de acordo com as necessidades das áreas dependentes, principalmente a produtiva.

Nesse quesito temos algumas características importantes a serem observadas durante o ato de controlar, tais como:

  1. Atividades realizadas

Planejar e executar não basta, é preciso entender se o resultado desse planejamento alcançou o esperado. Tem situações onde o que foi planejado pode não acontecer em sua plenitude e por vários motivos, e isso precisa ser entendido.

  1. Tempo de execução

As atividades precisam acontecer dentro do tempo estabelecido, principalmente naquelas onde existe uma sequência de atividades a serem cumpridas, como a Preventiva por exemplo. Esse controle é importante para manter o planejado dentro das expectativas de tempo de execução já especificado.

      3. Relatórios de fechamento

Importante o fechamento das ordens de serviços abertas, isso para o correto registro das informações. Esse controle é fundamental para se manter um banco de dados suficientes na tomada de decisões da gestão. Também porque as informações contidas nesses relatórios trazem clareza sobre tudo que aconteceu nessas atividades.

     4. Consumo dos sobressalentes

Diante do planejado, temos como controlar se todos os itens relacionados para substituição ou necessidade dos manutentores foram utilizados. Nesse controle também fica evidenciado algum tipo de problema de última hora com sobressalentes que pode com isso ser corrigido.

Controlar os custos totais

Importante levantar todos os custos previamente elencados nas atividades planejadas e todos os custos pertinentes da área. Aqui relacionamos os sobressalentes, compras diretas, serviços contratados junto a terceiros, entre outros.

Controlar os indicadores

Indicadores dentre as muitas definições que podemos encontrar, diz que são dados ou informações essencialmente numéricas, que representam um determinado fenômeno / acontecimento e que são utilizados para medir um processo ou seus resultados.

Diante desta definição fica claro a importância de controlar os resultados da Manutenção por meio de indicadores.

Conclusão

Fica evidente diante da exposição acima que na Manutenção tem várias vertentes que dão um significado muito importante para o seu adequado controle.

Temos muitas outras características importantes nessa área que poderíamos elencar, mas acredito que com esses que fizemos a exposição, podemos entender claramente a sua real importância juntamente com o planejamento.

Nós do Manutenção em Foco temos treinamentos focados nessa área do planejamento, programação e controle da Manutenção e podemos fazer isso na sua empresa.

Hoje temos o curso completo de PPCM que traz todas as necessidade e ferramentas possíveis para alavancar os resultados na sua empresa, e outros mais, consulte nossos serviços no link abaixo.

 

Serviços

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *