Ensaios não destrutivos – END

Luis Cyrino
27 out 2016
1
4883

Ensaios Não Destrutivos – END

Os Ensaios Não Destrutivos (END) são algumas técnicas específicas que são utilizadas de forma preventiva e preditiva para que as empresas não precisem parar suas linhas de produção para fazer certas análises em suas máquinas e equipamentos com o intuito de verificar se estão funcionando corretamente e sem nenhum sinal de algum problema aparente.

Conceito básico

Denomina-se Ensaio Não Destrutivo (END ou NDT do inglês “non destructive testing”) a qualquer tipo de ensaio praticado a um material que não altere de forma permanente suas propriedades físicas, químicas, mecânicas ou dimensionais. Os ensaios não destrutivos implicam em um dano imperceptível ou nulo.

Ensaios não destrutivos representam um conjunto amplo de técnicas de análise utilizadas na ciência e na indústria para avaliar as propriedades de um material, componente ou sistema, sem causar danos.

Baseia-se na aplicação de fenômenos físicos tais como ondas eletromagnéticas, acústicas, elasticidade ou qualquer tipo de teste que não implique num dano considerável ao item que está sendo analisado.

Benefícios do END

Os ensaios não destrutivos (END) são técnicas extremamente importantes na indústria manufatureira pois permitem o controle das propriedades de diversos materiais, sistemas e componentes, que em termos gerais garantem uma enorme economia de tempo e seu custo benefício se torna extremamente justificável. Nesse tipo de ensaio qualquer que seja o item verificado, não sofre nenhum dano após a inspeção.

O END representa um conjunto de técnicas de análise, hoje largamente utilizada nas indústrias de manufatura para avaliar determinada máquina ou equipamento sem causar nenhum dano que possa comprometer seu funcionamento.

Essas técnicas também são usadas para verificar possíveis interrupções na estrutura de um material tanto em nível micro quanto macroscópico, possibilitando perceber algum tipo de falha durante a realização do END.

As principais técnicas de Ensaios Não Destrutivos (END) são:

Corrente de Foucault (ou ainda corrente parasita)

É o nome dado à corrente induzida em um material condutor, relativamente grande, quando sujeito a um fluxo magnético variável. O nome foi dado em homenagem a Jean Bernard Léon Foucault, que estudou esse efeito.

Emissão Acústica

É um método indicado para o estudo do comportamento dinâmico de defeitos presentes em componentes estruturais mecânicos. É uma técnica passiva receptiva de análise de pulsos ultrassônicos emitidos por um defeito no momento de sua ocorrência ou propagação.

Radiografia, Radioscopia e Gamagrafia

Trata-se de um método que está baseado na mudança de atenuação da radiação eletromagnética (raios-X ou gama), causada pela presença de descontinuidades internas, isso acontece quando a radiação passar pelo material e deixar a imagem gravada em um filme, sensor radiográfico ou num *intensificador de imagem (*são feitos com um tubo de vidro em vácuo, contendo uma tela de fluorescente, feita com cristais de iodeto de césio,que absorve cerca de 60% da energia dos raios-X incidentes, e convertem o padrão em luz visível).

Ensaio Visual

O ensaio visual é, com certeza, o ensaio mais barato, usado em todos os ramos da indústria. Assim, a inspeção visual exige definição clara e precisa de critérios de aceitação e rejeição do produto que está sendo inspecionado. Requer ainda inspetores treinados e especializados, para cada tipo ou família de produtos.

Estanqueidade

Métodos capazes de detectar possíveis vazamentos de gás ou líquidos. Os métodos aplicados no ensaio de estanqueidade são: medição de pressão ou vácuo com precisão, método da Bolha, método da variação de pressão, detecção de vazamento por meio de aplicação de gás Hélio com o respectivo aparelho detector e, modernamente, a localização de vazamentos de gases e líquidos por ultrassom.

Líquido penetrante

É um método desenvolvido especialmente para a detecção de descontinuidades essencialmente superficiais, e ainda que estejam abertas na superfície do material. Sua finalidade é detectar descontinuidades superficiais e que sejam abertas na superfície, tais como trincas, poros, dobras, etc.

Partículas Magnéticas

Método de ensaio está baseado na geração de um campo magnético que percorre toda a superfície do material ferromagnético. As linhas magnéticas do fluxo induzido no material desviam-se de sua trajetória ao encontrar uma descontinuidade superficial, criando assim uma região com polaridade magnética altamente atrativa a partículas magnéticas.

Ultrassom

O ensaio tem por objetivo a detecção de defeitos ou descontinuidades internas, presentes nos mais variados tipos ou forma de materiais ferrosos ou não ferrosos. O teste ultrassônico convencional, utiliza transdutores de elemento único ou duplo para gerarem ondas sonoras de altas frequências e extremamente direcionadas para medições da espessura não destrutivas ou detecção de falhas ocultas existentes no interior de materiais como metais, plásticos, cerâmicas e compostos.

Termografia

A inspeção termográfica é uma técnica não destrutiva realizada para medir temperaturas ou observar os padrões de distribuição de calor a partir da radiação infravermelha. O objetivo é obter informações relativas à condição operacional de um componente, equipamento ou processo.

Vantagens do END

1. Ensaio realizado diretamente nas máquinas ou equipamentos e em muitos dos casos sem a necessidade de parada;

2. Podem ser realizados em todos os elementos e componentes que compõe uma estrutura;

3. Auxiliam a manutenção preventiva e preditiva;

4. Possibilita que problemas possam ser detectados em estágio ainda inicial;

5. Ensaios não destrutivos, em geral, requerem pouca ou nenhuma preparação de amostras ou sistemas.

Desvantagens do END

1. Requer uma tecnologia e conhecimento técnico específico e prática na realização e interpretação dos resultados para cada tipo de ensaio, o que inviabiliza normalmente que a empresa tenha técnicos internos, com isso é necessário a contratação de serviço terceirizado especializado.

Requisitos importantes

Para a obtenção de resultados satisfatórios e válidos é muito importante garantir que os Ensaios Não Destrutivos (END) sejam executados por pessoal devidamente qualificado, treinado e certificado.

Outro fator muito importante para a obtenção de resultados confiáveis é que os equipamentos utilizados para a execução desses ensaios se encontrem devidamente calibrados. Não menos importante são os procedimentos de execução desses ensaios com base em normas e critérios de aceitação previamente definidos pelos órgãos competentes.

Comentários

Uma resposta para “Ensaios não destrutivos – END”

  1. Otávio disse:

    Muito Bom, Parabéns!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *