Estrutura Organizacional da Manutenção

Luis Cyrino
2 set 2019
0
359

Estrutura Organizacional da Manutenção

Estrutura Organizacional – Num contexto mais amplo, sabemos que as organizações necessitam nos dias de hoje ser flexíveis para aumentar sua competitividade. Para isso necessitam ter uma estrutura que atenda suas necessidades e que suas decisões fluam numa velocidade para mantê-las competitivas.

Para isso as empresas têm sua organização baseadas numa estrutura organizacional que melhor atendam às suas necessidades por tipo de negócios.

Conceito

Uma estrutura organizacional é o método que uma organização emprega para definição das linhas de comunicação, políticas, autoridade e responsabilidades.

Essa estrutura determina a extensão e a natureza de como a liderança é disseminada por toda a organização, bem como o método pelo qual a informação flui. As organizações geralmente adaptam dois modelos básicos de estrutura organizacional:

Estrutura Organizacional plana ou horizontal

Uma organização com estrutura organizacional plana refere-se a um modelo com poucos ou nenhum nível de gerenciamento entre os gerentes e os funcionários. A organização plana supervisiona menos os funcionários enquanto promove seu maior envolvimento no processo de tomada de decisão.

Estrutura Organizacional hierárquica ou pirâmide

Uma organização hierárquica segue o layout no formato de uma pirâmide onde todos os funcionários, exceto um, geralmente o CEO, estão subordinados a outra pessoa. O layout consiste em vários departamentos que descem para a base de funcionários em nível de equipe, que ficam na base da pirâmide.

Tipos de Estrutura

Os resultados de uma empresa estão intimamente ligados com o seu nível de organização. Baseado no formato mais comum, o da estrutura hierárquica, uma Organização pode estar estruturada, basicamente, de três maneiras:

  1. Por Projeto, onde cada projeto tem uma estrutura, e pode haver um recurso se reportando ao chefe do projeto A e ao chefe do projeto B,
  2. Funcional, com a linha de reporte tradicional, e;
  3. Matricial, onde coexiste um misto das duas anteriores.

Organização Industrial

Para efeitos do nosso entendimento sobre o segmento industrial, vamos ver aqui o tipo de estrutura funcional clássica, em que a gestão empresarial está fundamentada, basicamente, em quatro áreas distintas:

  • Industrial,
  • Comercial,
  • Administrativa e
  • Financeira

Segue abaixo um modelo de estrutura organizacional funcional com os seus respectivos processos principais.

Área Industrial

A gestão industrial, por sua vez, está fundamentada na administração de diversas áreas que podem ser: Produção, Qualidade, Logística, Engenharia/Manutenção e Compras.

A Manutenção tem sob sua responsabilidade os processos de manutenção predial (conservação de instalações, prédios, ar condicionado, etc.) e os processos de manutenção industrial (equipamentos, máquinas, linhas de produção, área de Utilidades, etc.)

Estrutura Organizacional da Manutenção

A estrutura organizacional da Manutenção pode ter duas vertentes que se aplicam hoje em dia nas empresas, a Manutenção centralizada ou a descentralizada. Acredito que a mais comum seja a estrutura da manutenção centralizada onde a mesma tem seu próprio setor e atende toda a planta fabril.

Como dito anteriormente, podemos ter uma estrutura descentralizada e ainda uma outra mista onde tem uma Manutenção central e outra com profissionais de manutenção dedicados nas áreas de produção.

Não necessariamente esses modelos são uma regra, as empresas hoje em dia buscam a versatilidade em suas estruturas para atender as suas necessidades.

Estrutura centralizada

A estrutura centralizada é aquela onde a área de manutenção é única e atende a todos as outras áreas da empresa em suas necessidades de manutenção. Normalmente esse modelo é utilizado onde temos algumas características da empresa como:

  • Planta fabril de médio e pequeno porte;
  • Menor Efetivo de profissionais da Manutenção;
  • Menor número de máquinas e equipamentos.

Estrutura descentralizada

Nesse tipo de estrutura podemos incluir aqui as grandes empresas onde existem várias áreas de manutenção para atender setores específicos (produtivos normalmente) e as outras áreas tem uma Manutenção específica para atendimento comum.

Nesses casos é comum ter esse setor de Manutenção único para atender a toda a planta fabril, mas para serviços específicos como usinagem, soldas, grandes reformas, entre outros tipos de serviços. Esse tipo de estrutura é para empresas com as seguintes características:

  • Grandes distâncias entre as áreas produtivas;
  • Planta fabril de grande porte;
  • Alto número necessário de profissionais

Estrutura mista

Não é difícil aqui entender o que é uma estrutura mista, ou seja, é uma mescla das duas versões anteriores. Ou seja, tem áreas que tem a sua própria Manutenção e outras que dependem de uma Manutenção centralizada.

E todos os métodos e processos são padronizados por uma área de Engenharia, portanto centralizadas num único setor. Algumas características que podemos atribuir a esse modelo de estrutura são:

  • Planta fabril de médio e grande porte;
  • Grande diversidade de linhas de produção;
  • Necessidade de profissionais especialistas.

Estrutura quanto aos cargos na Manutenção

Quando falamos na estrutura organizacional da Manutenção quanto aos cargos e sua hierarquia, as diferenças nessas estruturas são muito grandes.

Isso porque cada empresa define o melhor formato e isso varia dependendo do porte, segmento e outras características que influenciam nessa decisão. Abaixo um modelo de estrutura funcional da Manutenção.

Podemos entender então que o modelo de estrutura organizacional para a Manutenção tem muitas vertentes. A questão em si é a empresa definir a que melhor se encaixa com as suas necessidades de negócio.

O importante é que para todos os tipos sempre teremos as mesmas necessidades de uma gestão assertiva e profissionais com qualificação e capacitação suficientes para atender às suas demandas.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *