Gestão de Estoques – Qual a sua importância para as Organizações?

Luis Cyrino
1 mar 2015
0
12151

Gestão de Estoques

Qual a sua importância para as Organizações?

Gestão de Estoques – A área de Estoques nos diversos segmentos das organizações e em muitas delas não recebe a devida atenção por parte dos gestores. Então podemos perguntar, qual a importância para as organizações da Gestão dos Estoques? Às vezes sem a devida percepção dos mesmos são áreas que com certeza podem prejudicar e muito a competitividade da empresa, pois afeta diretamente a sua produtividade e consequentemente a sua lucratividade.

Diante desse cenário o poder de competitividade também desaba e isso se torna catastrófico para o negócio. Os estoques sem dar a devida importância, podem se tornar drenos muitas vezes imperceptíveis, trazendo sérios prejuízos do fluxo de caixa e como consequência problemas nos resultados do exercício. E a Manutenção é uma das áreas onde a falta ou má Gestão de Estoques podem trazer sérios prejuízos para os setores produtivos da empresa.

Gestão de Estoque

Diante do exposto acima podemos afirmar que a Gestão de Estoque é fundamental para gerenciar dois tipos de estoques, os de “recursos ociosos” e os de “recursos não ociosos” e que ambos possuem valor econômico e que são destinados ao atendimento das necessidades futuras ou imediatas de materiais numa organização.

Porém na falta desses recursos inevitavelmente acontecerá a paralisação de fabricação, a descontinuidade das operações ou de serviços, além de outros custos adicionais que só trazem prejuízos financeiros para a empresa.

No caso dos “recursos ociosos”, são investimentos em materiais de estoque principalmente para a área de manutenção e áreas administrativas que não trazem para a organização aplicações diretas que produzam lucros, diferentemente dos “recursos não ociosos” que estão ligados diretamente às áreas produtivas tais como insumos e matérias primas.

Por que se preocupar com a Gestão de Estoques?

Com certeza os vários tipos de estoques são uma das maiores preocupações, não só dos gestores dessas áreas, mas também de outros departamentos da organização devido ao seu grau de importância e relevância no impacto das operações como um todo e podemos citar os departamentos:

Financeiro

Devido à quantidade de recursos financeiros que os estoques demandam em recursos financeiros que ficam “parados” e acabam conforme o tempo de ociosidade se depreciando e também devido aos seus custos de armazenagem e de pessoal;

Comercial

Preocupação de uma possível falta de produto acabado por problemas ocasionados pela falta de material de estoque da produção (matérias primas e insumos) podendo acarretar em prejuízo no atendimento aos clientes;

Industrial

Preocupação com a possibilidade de suas linhas de produção ficar ociosas ou com baixa produtividade devido a uma possível falta de matéria-prima e insumos para produzir ou materiais de manutenção para corrigir eventuais problemas nas máquinas ou equipamentos.

Tipos de Estoques

Acima tratamos das definições e finalidade dos estoques, agora vamos procurar entender as diversas variáveis de materiais e como podemos fazer a classificação dos itens, em categorias, tipos ou grupos de materiais de estoque.

As categorias podem variar entre uma e outra organização e talvez você leitor possa discordar ou dar falta de alguma categoria, porém de um modo geral nas organizações de manufatura e serviços vamos encontrar as seguintes categorias:

  1.  Estoque de matérias-primas (MPs);
  2. Estoque de materiais em processo (produto semi-acabado);
  3. Estoque de produto acabado;
  4. Estoque de materiais auxiliares (administrativos);
  5. Estoque de insumos (materiais para produção);
  6. Estoque de materiais de manutenção.

Conclusão

Como podemos notar nesta matéria, são muitas as variáveis numa composição de estoques, a responsabilidade de se ter uma boa gestão é imensa devido aos problemas que uma má gestão possa ocasionar.

Para entender um pouco mais sobre a importância da gestão dos estoques, veja no link abaixo outra matéria que tratamos desse tema. Deixe seu comentário, sua opinião é muito importante.

Gestão dos Estoques

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *