Gestão de Facilities – conceitos

Luis Cyrino
11 mar 2015
12
6181

Gestão de Facilities – conceitos

Facilities – Hoje em dia temos percebido no cenário atual das organizações muita competitividade e inovação, com isso cria-se a necessidade de mudanças nas maneiras de agir e gerir seus negócios. Surge então entre as organizações uma gestão até então pouco valorizada, mas antiga e conhecida mundialmente como Facility Management ou Gestão de Facilidades, com o intuito de manter ambientes funcionais e de qualidade para os usuários. Logo percebemos que esse novo conceito vem se tornando como uma nova estratégia para as diversas organizações em aprimorar esse tipo de gestão de serviços.

Existem evidências que a área de Gestão de Facilidades vem ganhando importância no Brasil, apesar de ainda em estágio inicial vem sendo reconhecida e recomendada como estratégica pela maioria das empresas brasileiras.

Definições

Definição da IFMA – Associação Internacional de Gestão de Facilidades:

A gestão de facilidades é uma profissão de múltiplas funções, assegura a funcionalidade do ambiente construído por meio da integração de pessoas, locais, processos e tecnologia.

Definição do CEN – Comitê Europeu de Normalização:

A gestão de facilidades é a integração de processos dentro de uma organização, para manter e desenvolver os serviços acordados que suportam e melhoram a eficácia das suas atividades primárias.

Definição do BIFM – Instituto Britânico de Gestão de Facilidades:

A gestão de facilidades é a integração de atividades multidisciplinares dentro do ambiente construído e a gestão do seu impacto sobre as pessoas e o local de trabalho.

História da Gestão de Facilidades

O termo “Facilities Management” segundo alguns autores surgiu na década de 1960, nos Estados Unidos ou no Reino Unido, para descrever o crescimento de práticas de terceirização dos serviços bancários, responsáveis pelo processamento de cartões de créditos e outras transações.

A sua definição é controversa tanto nos EUA como no Reino Unido. A atividade da Gestão de Facilidades começou a ser reconhecida globalmente há pouco tempo, quando passou a ter uma importância crescente em organizações líderes de mercado. Na maioria das grandes empresas atuais, passou a estar totalmente integrada nas suas políticas e estratégias.    

Serviços prestados pela área de Facilidades

As atividades ligadas à área de facilidades são numerosas e controversas, algumas empresas e alguns especialistas, entendem que todas as atividades conhecidas como apoio fazem parte da Gestão de Facilidades.

Existe uma divisão quanto a sua complexidade, são normalmente divididos em serviços rígidos (hard services) e serviços macios (soft services). No primeiro estão incluídos os serviços de maior complexidade técnica, tais como o projeto de instalações e a manutenção de instalações críticas tais como geradores de energia.

No segundo, temos os serviços de menor complexidade, tais como a limpeza diária e as pequenas reparações.

Quanto à divisão em termos de tipologia temos:

Serviços ao cliente

Os serviços ao cliente são os serviços de suporte interno aos departamentos e funcionários de uma organização (clientes internos), que se destinam a facilitar a realização das suas atividades principais e a garantir o seu bem estar no espaço de trabalho.

 Serviços de gestão energética

Os serviços de gestão energética destinam-se a gerir os consumos de energia e água da organização, com o objetivo de reduzir os seus custos com estas áreas e a contribuir para a sua política de sustentabilidade ambiental.

 Serviços de engenharia

Os serviços de engenharia incluem normalmente os serviços rígidos (hard services) na área da manutenção técnica das instalações e a realização de projetos técnicos. Entre eles inclui-se a manutenção de sistemas críticos para o funcionamento das instalações e a operação da organização. Este tipo de serviços é normalmente assegurado por pessoal técnico altamente especializado.

 Serviços de operações de edificações

Os serviços de operações de edificações incluem os serviços macios (soft services) de conservação dos espaços e equipamentos da organização. Entre eles estão a manutenção preventiva e pequenas reparações, a limpeza dos espaços, a segurança e o serviço de mudanças.

Nas próximas publicações falaremos mais sobre a Gestão de Facilidades. Deixe seu comentário, sua opinião é muito importante.

Comentários

12 respostas para “Gestão de Facilities – conceitos”

  1. Alberto Anchieta disse:

    Este assunto é muito importante, pois e segmento de Facilities tem uma abrangência muito amplo dentro da empresa. Gostaria de receber todo o conteúdo desta matéria e todas as novidades.

    • Luis Cyrino disse:

      Alberto esse assunto está bem divulgado ultimamente e peço por gentileza que você se cadastre com seu e-mail no site do “Manutenção em foco”e receba em primeira mão as próximas publicações. Obrigado pelo seu comentário.

  2. Helio disse:

    Gostei! Por favor, deixe-me saber as novidades. Grato.

    • Luis Cyrino disse:

      Obrigado Helio pelo feedback, peço que entre no site do “Manutenção em foco” e cadastre seu e-mail e receberá todas as matérias novas em primeira mão, temos muitos assuntos relevantes e informativos para a área de manutenção em geral.

  3. Ronaldo Evangelista disse:

    Prezado Luiz

    Parabéns pela iniciativa.
    Favor cadastrar meu e-mail, para envio de futuros artigos sobre o tema em questão.

    Grato

    • Luis Cyrino disse:

      Ronaldo obrigado pelo comentário, com certeza teremos mais artigos sobre o tema e muitos outros da área de manutenção em geral.
      Convido você a conhecer as outras matérias e por gentileza cadastre seu e-mail no site do “Manutenção em foco” para receber nossas novas postagens.

  4. CLAYTON disse:

    Atualmente trabalho no setor de facilities atuando no cargo de técnico de manutenção, exerço inúmeras e diversas atividades ao longo do dia e demostro agilidade e eficiência nos trabalhos prestado. Sou formado em técnico em automação industrial.

  5. Joana Lima disse:

    Gostaria muito de receber todas informações sobre facilities, amei a matéria !!

  6. ADRIANA PAULO disse:

    Adorei o conteúdo, e espero realmente que façam novas publicações sobre a Gestão de Facilities. Estou na área de higienização especializada a 6 anos, trabalhando com produtos institucionais e prestação de serviços. E muito recentemente me deparei com o Termo Facilities, e confesso que estou surpresa com tanta informação. Pretendo me aprimorar na área, que me dá tanta realização.
    Abraço, parabéns pelo trabalho!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *