Máquinas agrícolas e sua lubrificação

Luis Cyrino
1 jul 2022
0
352

Máquinas agrícolas e sua lubrificação

Lubrificação é um item essencial para qualquer tipo de máquina ou equipamento, mas em máquinas agrícolas os cuidados devem ser redobrados.

Para permanecer competitivo, é vital que toda empresa agrícola busque dentre outras coisas, manter em pleno funcionamentos suas máquinas e equipamentos.

Os campos de lavoura exigem trabalho árduo por longas horas, forçando máquinas e equipamentos, como os tratores, colheitadeiras, implementos e veículos off Road.

São ativos expostos a um ambiente externo severo e às intempéries do tempo. São projetados para resistência e trabalho intenso, mas mantê-los funcionando com desempenho máximo requer uma lubrificação pontual e correta.

Maquinas agrícolas e sua manutenção

A manutenção de um modo geral de máquinas agrícolas é um conjunto de atividades que buscam a preservação de suas condições de uso. Isso, é claro, para manter suas condições normais de trabalho requerido.

Essas atividades juntamente com a lubrificação estão baseadas nas estratégias de manutenção a serem adotadas para esse grupo de ativos, e que tem suas particularidades.

São alguns fatores problemáticos ligados principalmente quanto às suas condições de trabalho. São agentes nocivos ao seu mecanismo que estão presentes no ar, no solo e nas suas condições de armazenamento.

Ou seja, local onde ficam alojados após seu dia de trabalho no campo. São problemas comuns decorrentes do tipo de trabalho, do meio ambiente ao qual está inserido e da forma como são manejados.

Lubrificação deve ter atenção redobrada

Baseado nessa criticidade elencada acima, os planos de lubrificação das máquinas agrícolas devem obedecer à risca suas programações. Algumas rotinas são essenciais para manter a qualidade do lubrificante e sua ação eficaz como resultado da sua aplicação.

Quando falamos de máquinas agrícolas logo nos vem à cabeça os tratores em geral que dominam as tarefas do campo. Como eles que são máquinas automotivas logo se imagina que lubrificação é cuidar do óleo e filtros do motor.

Grande engano, lubrificação automotiva vai muito além do que somente se preocupar com a troca de óleo e filtros do motor.

Ao selecionar e aplicar o lubrificante correto, as operações agrícolas podem garantir o bom funcionamento das partes móveis de seus ativos. Isso evita que possam ocorrer danos por desgaste e atrito excessivos prematuramente. Os lubrificantes também atuam como refrigerantes, reduzindo as temperaturas e os danos causados pelo calor.

Óleos e graxas projetados para a indústria agrícola também vedam peças de uma ampla variedade de contaminantes e processos corrosivos. E podem filtrar sujidades como areia, fuligem e outros contaminantes que podem dificultar a operação.

Itens básicos de lubrificação de máquinas agrícolas

Num primeiro momento precisamos entender que os lubrificantes precisam ser os recomendados pelo fabricante da máquina ou equipamento. Lubrificação é coisa muito séria, merece e deve ser tratada como essencial na vida dos ativos, quer seja do agronegócio ou indústria.

Os planos em geral de lubrificação de máquinas agrícolas devem se ater a vários conjuntos mecânicos que os compõe, tais como:

  • Óleos para motores;
  • Óleos para transmissões mecânicas;
  • Óleos para os sistemas hidráulicos;
  • Óleos para o sistema dos freios;
  • Óleos para transmissões hidromecânicas;
  • Graxas para articulações, mancais e rolamentos.

Planos de manutenção e lubrificação, esse é o segredo

Uma gestão eficiente para as máquinas agrícolas começa com a elaboração de planos de manutenção para cada máquina e equipamento. Tudo isso aliado a algumas estratégias de manutenção como inspeções periódicas, corretivas planejadas, preventivas e preditivas.

As vantagens de se trabalhar com estratégias bem definidas e a obediência ao planejamento dessas atividades traz muitos benefícios.

Definitivamente teremos um menor custo de manutenção, economia com lubrificantes, vida útil maior dos ativos e redução dos custos com peças e componentes sobressalentes. Tudo isso se reverte em mais disponibilidade e produtividade, essencial para os negócios.

Recomendações importantes

Um sistema de lubrificação planejado atinge seus propósitos se os profissionais nela envolvidos cumprirem todas as fases desse planejamento.

No que tange à execução, para que esses profissionais atuem adequadamente, algumas recomendações são necessárias, conforme descrito a seguir.

O profissional de lubrificação DEVE SEMPRE:

  • Usar recipientes adequados;
  • Usar o lubrificante recomendado pela ficha de lubrificação;
  • Usar a quantidade certa de lubrificante;
  • Limpar as áreas a serem lubrificadas;
  • Parar e sinalizar o ativo antes de iniciar a lubrificação;
  • Drenar totalmente os reservatórios nas ocasiões de troca;
  • Utilizar panos que não desfiem para a limpeza;
  • Fazer anotações de qualquer tipo de irregularidade encontrada.

O profissional de lubrificação NUNCA DEVE:

  • Usar estopas, isso porque desfiam;
  • Misturar produtos de fabricantes e tipos diferentes;
  • Usar recipientes sujos;
  • Usar recipientes com resíduos de lubrificantes velhos;
  • Deixar de efetuar o serviço programado sem informar o acontecido;
  • Deixar de limpar os pontos a serem lubrificados;
  • Deixar de limpar os excessos nos pontos após a lubrificação.

Conclusão

Portanto meus caros, a lubrificação não e só mais uma atividade nas máquinas e equipamentos do agronegócio. Esse trabalho significa manter os ativos saudáveis e com vida longa, basta seguir o planejamento e utilizar sempre produtos idôneos.

Se atentar para as especificações desses produtos e, quantidades e periodicidades conforme especificadas no plano de lubrificação.

Máquinas agrícolas e seus implementos representam um investimento substancial para qualquer negócio. Portanto, para manter o mínimo de avarias e reparos, é necessário um rigoroso cronograma de lubrificação.

Com isso as empresas podem prolongar a vida útil de suas máquinas agrícolas e implementos. Com certeza isso pode resultar em mais disponibilidade desses ativos com menores custos ao longo do tempo.

Consulte nossa área de serviços de consultoria e treinamentos, podemos ajudar, clique AQUI

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.