Softwares CMMS ou EAM: qual é o melhor?

Luis Cyrino
31 maio 2022
0
264

Softwares CMMS ou EAM: qual é o melhor?

Os softwares EAM e CMMSEnterprise Asset Management e Computerized Maintenance Management Systems, respectivamente — dominam o mercado de manutenção e gestão de ativos atualmente.

Lançados no final do Século XX, os sistemas de assinatura baseadas na nuvem oferecem, além da gestão da manutenção e recursos adicionais como capacidades de estoque e inventário. Também na automatização de preventivas e possibilidade de colaboração com sensoriamento e monitoramento de máquinas.

Se tudo isso pareceu interessante, você veio ao lugar certo. Neste texto, trouxemos um pouco mais sobre as definições de CMMS e EAM, as diferenças entre os dois softwares e como escolher o mais adequado para cada empresa. Confira!

CMMS e EAM: conceitos

CMMS é essencialmente um sistema de gestão de manutenção computadorizado, como o nome diz. É uma solução interessante para operações que desejam uma forma simples de gerenciar ordens de serviço, registros de equipamentos, peças de reposição, entre outros.

Focado majoritariamente na gestão da manutenção, inclui a automatização de preventivas, gerenciamento de estoque, funcionalidade móvel e acompanhamento de todos os ativos de uma planta.

Muitos também têm recursos adicionais como: gerenciamento de projetos, suporte multi-site ou capacidade de adquirir MRO (Manutenção, Reparos e Operações).

Já o EAM pode ser definido como uma plataforma unificada de gerenciamento de ativos. Isso indica que rastreia uma variedade maior de recursos, gerencia e analisa o desempenho dos ativos e avalia custos ao longo de todo o ciclo de vida das máquinas.

Além das funções anteriormente citadas do CMMS, o EAM atende a todas as necessidades relacionadas à gestão de ativos: manutenção, inventário, engenharia, contabilidade, operações, gestão de projetos, gerenciamento de confiabilidade, segurança e conformidade, e até inteligência de negócios.

Os softwares EAM eram majoritariamente usados por organizações com muitos ativos. Durante a última década, porém, passou a ser utilizado por pequenas e médias empresas que querem otimizar a performance e gerenciar custos.

Quais são as diferenças entre CMMS e EAM?

Essencialmente: o CMMS foca na manutenção, enquanto o EAM tem uma abordagem holística, incorporando diversas funções da empresa.

O primeiro começa a monitorar um ativo quando é comprado e instalado, enquanto o segundo o acompanha durante todo o ciclo de vida útil. Softwares CMMS lidam com um domínio ou oferecem suporte multi-site limitado e sistemas EAM gerenciam vários sites e empresas.

Sistemas EAM surgiram para gerenciar ativos físicos e maximizar sua performance em toda a empresa. É o software CMMS combinado com sistema de gestão de inventário, compra e contabilidade, gerenciamento de projetos, desempenho de negócios e ferramentas de inteligência.

CMMS x EAM: Qual escolher?

Tudo depende da operação para a qual o sistema será escolhido. Para grandes empresas com diversas plantas e muitos ativos, sistemas EAM são a escolha clara.

Em empresas de pequeno e médio porte, no entanto, é bom fazer uma análise cautelosa sobre quais são as prioridades da manutenção.

O CMMS tem a vantagem do menor custo e é mais que suficiente para atender demandas de manutenção e até necessidades de inventário de Manutenção, Reparos e Operações.

O CMMS TracOS™, da TRACTIAN, é uma alternativa de software de gestão da manutenção que ajuda a tornar rotinas de equipes inteiras mais eficientes.

Com o propósito de otimizar processos, o CMMS da TRACTIAN cria e gerencia ordens de serviço automaticamente — possibilitando, inclusive, a personalização com calendários, lembretes, status, categorias, tags e métricas, além de comunicação direta com a equipe por meio do chat.

Além disso, garante o acesso aos ativos e acompanhamento automático de seu desempenho, o controle do inventário e outras funcionalidades de gestão de manutenção.

Quando aliado aos sensores IoT — chamados sensores Smart Trac — e à plataforma de monitoramento online da TRACTIAN, o TracOS ™ se torna um EAM.

Além de centralizar a gestão de ativos, permite à equipe monitorar a condição das máquinas em tempo real e usar a análise preditiva para prevenir falhas e evitar corretivas de emergência.

Para um acompanhamento real dos seus ativos, qualidade no gerenciamento de dados, e maior eficiência e automatização de rotinas, contrate o sistema preditivo mais completo do mercado. Entre em contato com um especialista da TRACTIAN e agende uma demonstração.

 

Escrito por: TRACTIAN – Monitoramento online

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *