Tomada de decisão, qual o melhor caminho?

Luis Cyrino
9 fev 2021
0
1165

Tomada de decisão, qual o melhor caminho?

Tomada de decisão é parte integrante da gestão moderna, considerada como função essencial da administração. As decisões desempenham papéis importantes, pois determinam as atividades de todos os níveis hierárquicos das empresas.

Uma decisão pode ser definida como um conjunto de ações escolhida a partir de um conjunto de alternativas para atingir objetivos específicos ou alcance de metas.

Num conceito mais específico, a tomada de decisão é um processo cognitivo que resulta na seleção de uma opção entre várias alternativas.

É amplamente utilizada para definir uma preferência, **inferência, classificação e julgamento, quer consciente ou inconsciente.

**Inferência é uma dedução feita com base em informações ou um raciocínio que usa dados disponíveis para se chegar a uma conclusão.

Existem duas principais teorias de tomada de decisão – teorias racionais e teorias não racionais.

Teorias racionais

As teorias racionais sugerem que os ideais de demonstração do conhecimento sejam substituídos pelo cálculo da probabilidade e pela matemática.

Com base em ciências normativas, fundamentadas em normas e verdades inquestionáveis. As teorias racionais estão particularmente interessadas em explicar como as decisões devem idealmente ser tomadas.

Teorias não racionais

Segundo este conceito, o nosso raciocínio é limitado pela capacidade cognitiva da nossa mente.

Sob um ponto de vista biológico e funcional, somos incapazes de encontrar e processar toda a informação inerente e necessária a uma tomada de decisão racional.

Numa perspectiva mais natural e real, quem decide tem tempo, conhecimento e atenção limitados.

Outros tipos de tomada de decisão

Além do tipo de tomada de decisão baseada na teoria racional e irracional, temos outros tipos que também são usados, dependendo da situação. Uma necessidade específica ou mesmo um estilo de tomada de decisão pode compor a mescla de dois ou mais tipos de decisão, isso é comum. Vejamos outros tipos:

Intuitiva: uma das maneiras simples de decisão e como o próprio nome diz, é baseado na intuição de quem decide. Decisão que parece certa, mas que não conta com a lógica de dados e informações.

Baseada em valores: esse tipo de decisão se norteia na formação e na experiência de quem decide. É algo que se acredita ser o melhor por ter vivenciado certas situações e pelo seu conhecimento.

Colaborativa: como o próprio nome diz, é aquela decisão que poderia ser tomada unilateralmente, mas que se resolve fazer isso em equipe.

Com base em especialistas: para certos casos é melhor procurar pessoas especializadas em determinados assuntos. Isso se enquadra naquelas decisões onde o conhecimento técnico é primordial.

Tomada de decisão nas empresas

Nas empresas, a tomada de decisão é o processo cognitivo pelo qual se escolhe um plano de ação dentre vários outros (baseados em variados cenários, ambientes, análises e fatores) para uma situação e/ou problema.

Todo processo decisório refere-se ao ato de escolher o caminho mais adequado, em uma determinada circunstância.

Deve-se ter em mente que qualquer decisão tomada numa empresa trará algum tipo de consequência. Por serem decisões que normalmente geram um grande impacto para os negócios, deve ser bem avaliada.

Toda tomada de decisão deve se orientar e definir caminhos a serem percorridos. E mais que tudo, entender quais as possíveis consequências após a tomada dessa decisão, existe algum risco ou não?

Responsabilidades na tomada de decisão

Tomar uma decisão é uma responsabilidade enorme, quer seja ela individual ou por um grupo de pessoas, como nas empresas por exemplo. Existem pessoas que têm facilidade com o processo de tomada de decisão e outras nem tanto.

Um processo de decisão deve estar pautado num processo de análise de dados e projeções. É necessário esse processo para tentar diminuir as probabilidades de que a decisão escolhida seja equivocada.

Uma decisão pode levar a resultados que se espera, mas também o contrário disso é verdadeiro.

Na vida pessoal ou nos negócios, nas empresas e suas áreas de trabalho, a tomada de decisão é uma constante. E aprender algumas estratégias para essa tomada de decisão é importante pois é de muita responsabilidade.

As dificuldades no processo decisório

A tomada de decisão é um processo que consta identificação do problema ou de uma situação. Inclui definir critérios, a forma de elaborar, analisar e escolher alternativas, verificando a eficácia da decisão. A grande dificuldade para tomar decisões acontece frequentemente em qualquer situação, seja ela no ambiente profissional ou pessoal.

Uma vez consumada, a decisão é um caminho que pode não ter volta e suas consequências virão, cedo ou tarde, positivas ou negativas.

Por isso a decisão exige um compromisso efetivo com a escolha feita e suas possíveis consequências. As dificuldades na tomada de decisão podem ter alguns motivos que parecem óbvios:

  • Via de regra não existe uma decisão 100% correta, isso porque é difícil projetar todos os cenários possíveis e suas possíveis consequências;
  • Ao optar por uma alternativa, temos de renunciar outras, e isso pode gerar desconforto ou um sentimento de perda;
  • Temos aquelas situações em grupo (normalmente nas empresas) onde a opção de uma dentre outras alternativas é motivo de divergência. Nem sempre existe um consenso absoluto, mas é necessário abrir mão de alguns posicionamentos para caminhar num só caminho.

Tomada de decisão na Manutenção

Não muito diferente do que já vimos até agora, a tomada de decisão na Manutenção tem um caminho extremamente técnico na maioria das vezes.

Todo processo decisório precisa estar baseado em dados e informações técnicas. Podemos elencar alguns processos em que a tomada de decisão é muito importante, tais como:

  • Estratégias de manutenção a ser utilizada para os ativos;
  • Itens para cadastrar nos estoques de sobressalentes;
  • Processos de melhorias, onde focar;
  • Terceirizar ou não algumas atividades;
  • Investimentos em máquinas e equipamentos;

Na Manutenção todo processo decisório em sua maior parte está atrelado à área de PPCM e/ou Engenharia da Manutenção.

Isso porque é nesse setor que normalmente se concentram todos os dados necessários para entender a saúde de máquinas e equipamentos.

Toda a produção da Manutenção vai expor dados, gráficos e indicadores que evidenciam algumas tendências. Quando todo esse processo de coleta, cadastro e mensuração das informações estiver definido, temos uma visão sistêmica dos ativos. E com isso temos subsídios para a tomada de decisão mais assertiva possível.

Não menos importante temos o processo de decisão na área de gestão de pessoal, mas isso é mais um atributo do gestor. Um processo que por vezes mistura dados técnicos e comportamentais que juntos ou isoladamente definem qual a melhor decisão.

Conclusão

No geral, são inúmeras as implicações num processo decisório, e algumas consequências pode estar fora do alcance visual.

Dependendo de cada tipo de negócio, segmento ou área de trabalho, essas implicações sempre existirão, com maior ou menor possibilidade de impacto. Um processo decisório pressupõe opções, escolhas nem sempre muito fáceis de fazer, mas que são necessárias.

Por isso é importante tentar, de alguma forma, sistematizar um contexto, criar um cenário o mais próximo da realidade onde as possibilidades de decisão possam ser examinadas sob todos os ângulos.

Importante a meu ver, é não ignorar qualquer possibilidade de cenário, de opinião ou sugestão. Melhor se perder um tempo a mais “avaliando” as possibilidades para que a decisão tomada tenha nenhum ou o menor impacto possível.

E sempre se certificar que todas as informações necessárias estejam corretas. Qualquer dúvida não hesitar em checar novamente qualquer uma das informações que não estiver convencido de sua veracidade. Então, você está preparado para uma tomada de decisão assertiva? Qual o tipo de tomada de decisão acha mais adequado?

 

Fonte bibliográfica:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Teorias_de_tomada_de_decisão

https://www.ibccoaching.com.br/portal/a-importancia-da-tomada-de-decisoes-nas-organizacoes/

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *