Gestão da Manutenção, siga os passos!!

Luis Cyrino
18 nov 2018
1
539

Gestão da Manutenção, siga os passos!!

Gestão é uma atribuição que tem muita semelhança com o ato de administrar, porém é um termo mais completo. Gestão surgiu da necessidade de um novo conceito de administrar, que expressasse as mudanças que aconteciam dentro da ação administrativa.

A ideia era que fosse além das atividades de coordenar, planejar, organizar, dirigir e controlar, tidas como atividades técnicas. Fazer Gestão é incorporar todas essas atividades com princípios fundamentais de incentivar a participação, estimular a autonomia e a responsabilidade dos colaboradores de uma organização.

Em suma, fazer gestão é a busca constante em atingir os objetivos da empresa de maneira eficaz. Fazer isso ao valorizar o conhecimento e as habilidades das pessoas que estão inseridas em cada setor da empresa.

Portanto, a gestão deve ter habilidades de manter a sinergia entre as pessoas e tirar o melhor proveito da estrutura como um todo e dos recursos existentes.

Vejamos alguns passos para uma gestão assertiva na Manutenção:

  1. Quanto à equipe

Gestão com foco nas pessoas e em resultados, manter um equilíbrio da equipe em suas competências técnicas e comportamentais. Gestão eficaz quanto ao planejamento, programação e controle das atividades e manter uma estrutura física do ambiente e ferramental adequados.

Outro fato importante é uma definição clara e objetiva das metas a serem alcançadas e sua capacitação contínua por meio de treinamentos.

E como fazer isso?

Toda solução começa na gestão, a equipe de manutenção precisa ser homogênea quanto as competências técnicas e comportamentais, não se deve existir na equipe um desiquilíbrio de competências pois isso pode gerar conflitos na equipe.

Para a manutenção ser produtiva é necessário um bom planejamento de todas as atividades por meio de uma área específica como o PPCM – Planejamento, Programação e Controle da Manutenção.

Todos precisam ter claros onde se quer chegar quanto a resultados, por isso é necessário um controle via indicadores e KPIs. Outro ponto importante é disponibilizar uma estrutura física e ferramental adequado para que as atividades dos manutentores sejam realizadas de forma assertiva e em tempos adequados.

E para finalizar, a equipe de manutenção sempre vai precisar de uma capacitação contínua por meio de treinamentos, isso para novas tecnologias e metodologias para melhorar suas condições de trabalho, com isso alcançando melhores resultados.

  1. A Gestão deve ser eficiente

A Gestão e/ou Coordenação é parte fundamental para o alcance dos resultados, todo sucesso de uma equipe de trabalho começa com a Gestão. Por isso é muito importante que o perfil do Gestor da equipe seja voltado para pessoas e resultados.

Também não se deve deixar de se atentar quanto as qualificações desse Gestor, não basta ter um conhecimento técnico adequado, a parte das competências comportamentais são imprescindíveis.

Outro ponto importante da gestão é saber entender as diferenças de perfil de seus subordinados e saber lidar com os possíveis conflitos e em momentos de necessidade, saber como motiva-los também.

  1. Controle de custos

O controle de custos é parte essencial na gestão de Manutenção ou de qualquer outro departamento nas empresas. Sempre trabalhamos com disponibilidades de recursos financeiros e na prática sempre buscamos manter esses valores dentro do orçado.

Esse controle se consegue por meio de planejamento e acompanhamento diário das despesas do setor. As aquisições via compra direta ou consumos de itens do estoque por exemplo devem passar pelo crivo da gestão e qualquer desvio que possa comprometer o orçamento do mês, pode ser solucionado de alguma maneira.

  1. Planejamento das atividades deve ser bem elaborado

Um planejamento a partir de um plano de ação é parte integrante dos processos e métodos da Manutenção na resolução de problemas. Ao elaborar um plano de ações evidenciamos que existe um acompanhamento dos resultados e que ao menor desvio já buscamos por meio de ações, corrigir esses desvios.

É como a análise de falhas, tão importante na Manutenção para eliminar a causa raiz de paradas de máquinas e equipamentos por meio de corretivas, tão indesejadas nos meios de produção.

Um bom plano de ações começa com as identificações da causa raiz dos problemas, o que fazer para solucionar, quem serão os responsáveis, os recursos necessários e as datas previstas para sua realização.

Não esquecer também que para um bom plano de ações, seu acompanhamento quanto aos resultados é fundamental, basta para isso aplicar os conceitos do ciclo PDCA.

  1. Legislação e a Manutenção

Na Manutenção tem muitas normas que estão de alguma maneira correlacionadas com as atividades em geral do setor. Quanto à segurança temos as seguintes norma vinculadas à Manutenção:

  • NR-6 que trata dos EPI – equipamento de proteção individual e as NR-4 e 9 trazem algumas menções quanto a necessidade do uso do EPC – equipamento de proteção coletiva.
  • NR-8, norma regulamentadora que estabelece requisitos técnicos mínimos que devem ser observados nas edificações, para garantir segurança e conforto aos que nelas trabalhem.
  • NR-10 que estabelece os requisitos e condições mínimas em instalações elétricas e serviços com eletricidade.
  • NR-12 temos todo um capítulo destinado as responsabilidades do setor quanto a manutenção, inspeção, preparação, ajustes e reparos.
  • NR-13 estabelece os requisitos mínimos para gestão da integridade estrutural de caldeiras a vapor, vasos de pressão e suas tubulações de interligação.
  • NR-35 que trata das em atividades em altura acima de dois metros onde a norma estabelece os requisitos mínimos e as medidas de proteção.
  • Norma regulamentada ABNT, a NBR 5419 que tem como objetivo evitar e/ou minimizar o impacto dos efeitos das descargas atmosféricas.

As empresas que se enquadrarem nas necessidades de observância a essas normas devem cumpri-las sob pena de serem punidas conforme determina a lei em vigor.

  1. Sobressalentes, não deixe isso se tornar um problema

Um outro ponto relevante trata-se da gestão de sobressalentes, área que deve ter um controle adequado de itens do estoque e suas quantidades.

Normalmente vejo em muitas empresas um desleixo quanto aos cuidados com essa área, itens desorganizados, falta de itens importantes e quantidades que não condizem com a real necessidade.

Conclusão

São alguns passos que considero muito importantes para uma gestão assertiva da manutenção, tem outros mas fica para a próxima. Tida hoje como área estratégica para os negócios das empresas em geral, a Manutenção deve sempre aprimorar suas formas de gestão.

Se tem problemas na área, podemos ajudar com base em nossa larga experiência no setor, confira nosso escopo de serviços e solicite-nos uma visita técnica sem compromisso. Se interessar, confira no link abaixo:

https://www.manutencaoemfoco.com.br/servicos/

Comentários

Uma resposta para “Gestão da Manutenção, siga os passos!!”

  1. José Marcolino disse:

    Muito bom esse assunto, parabéns aos editores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *