QR Code na gestão da Manutenção

Luis Cyrino
27 out 2021
0
636

QR Code na gestão da Manutenção

QR Code é um código de resposta rápida (QR), um tipo de código de barras que pode ser lido facilmente por um dispositivo digital.

Na própria sigla indica que surgiu com ideia de facilitar processos aos quais ele está associado – Quick Response Code (QRC), ou seja, código de resposta rápida em português.

O QR Code armazena informações como uma série de pixels em uma grade quadrada. Os códigos QR são frequentemente usados para rastrear informações sobre produtos em uma cadeia de suprimentos.

Também são frequentemente usados em campanhas de marketing e publicidade. Com sua praticidade também tem sido usado no segmento industrial para gestão de ativos.

Os QR Code ou códigos QR são considerados um avanço em relação aos códigos de barras unidimensionais mais antigos. No ano de 2000 foram aprovados como um padrão internacional pela Organização Internacional de Padronização (ISO).

Como funciona o QR Code?

QR Code é um código de resposta rápida, um tipo popular de código de barras bidimensional. Ele codifica informações alfanuméricas e para decodificar é preciso usar um scanner portátil.

Os códigos de resposta rápida (QR) são matrizes quadradas de pixels escuros ou claros usadas para codificar e recuperar dados rapidamente usando dispositivos de computador.

Hoje em dia até mesmo um aplicativo de leitura de código QR de um smartphone pode ser usado. Na verdade, muitos smartphones como iPhone, Xiaomi, Motorola e Samsung agora têm um recurso de leitura de QR Code integrado em seu aplicativo de câmera.

Os códigos QR consistem em quadrados pretos dispostos em uma grade (matriz) sobre um fundo branco e são lidos por um software especializado que é capaz de extrair dados dos padrões que estão presentes na matriz.

Esses códigos são capazes de conter mais informações do que os códigos de barras tradicionais e lidam principalmente com quatro modos de dados: alfanumérico, numérico, binário e Kanji.

Agora existem várias versões e variações de códigos QR que são customizados para finalidades diferentes ou que podem armazenar grandes quantidades de dados.

Como surgiu o QR Code?

Os códigos QR foram criados em 1994 pela Denso Wave, uma subsidiária japonesa do Grupo Toyota. A proposta inicial era facilitar o rastreamento de peças automotivas que eram utilizadas nas unidades fabris da montadora.

O padrão japonês para o código QR, JIS X 0510, foi lançado em janeiro de 1999 e corresponde ao padrão internacional ISO/IEC 18004, tendo sido aprovado em junho de 2000. Segundo o site da empresa criadora, cita o seguinte: “Código QR é aberto para uso e sua patente, pela Denso-Wave, não é praticada”.

O QR Code não é o único código de barras bidimensional do mercado, outro exemplo é o código Data Matrix. Apesar de ambos terem a mesma finalidade, a vantagem do QR Code está na capacidade de codificar dados de e-mail, endereços de URL e contatos telefônicos.

Tipos de QR Code

Existem vários tipos de QR Code que podem ser usados ​​para diferentes necessidades descritas a seguir:

Micro QR Code

Uma versão menor de um código QR tradicional usado quando o espaço é limitado. Os códigos micro QR podem variar em tamanho (4 versões), mas o menor é 11 x 11 módulos, codificando até 21 caracteres alfanuméricos. Já a versão maior pode codificar até 35 caracteres.

 

Códigos QR do Modelo 1

O Modelo 1 é o protótipo do Modelo 2 e Micro QR. De uma a 14 versões estão registradas no padrão Automatic Identification Manufacturers International (AIMI). Sua capacidade máxima de dados é 468 bytes, que podem codificar até 707 caracteres alfanuméricos.

 

Códigos QR do Modelo 2

O Modelo 2 possui um padrão de alinhamento para melhor ajuste de posição e contém maior densidade de dados do que o Modelo 1. De uma a 40 versões são registradas no padrão AIMI, com a versão 40 capaz de armazenar até 4.296 caracteres alfanuméricos.

 

Código IQR

Pode ser criado em quadrados ou retângulos nos casos em que o espaço ou a forma são um problema. Existem 61 versões de códigos IQR quadrados e 15 versões de códigos IQR retangulares.

 

 

SQRC

O código Secure Quick Response (SQR) é um código QR que contém um segmento de leitura de “dados privados”. Este segmento de dados privado deve ser decifrado com uma chave de criptografia. Isso pode ser usado para armazenar informações privadas e para gerenciar informações internas da empresa

 

Frame QR ou Quadro QR

Quadro personalizável que pode conter dados maiores em formatos como gráficos, ilustrações ou fotos. No centro deste código está a área da tela, onde gráficos, letras e muito mais podem ser organizados de forma flexível, tornando possível fazer o layout do código.

 

QR Code e sua aplicação na Manutenção

Essa tecnologia do QR Code é usada como etiquetas de inventário e são uma parte fundamental para o gerenciamento de ativos. Isso possibilita o rastreamento de máquinas e equipamentos e transmitir informações de forma rápida e eficaz.

Essas etiquetas de inventário QR podem ser anexadas de forma fácil e segura em qualquer tipo de ativo. Depois que máquina ou equipamento é digitalizado, é possível obter informações sobre o item e inserir novas informações sobre o mesmo que será armazenado.

As etiquetas QR Code têm uma aparência única, como uma impressão digital, portanto as informações contidas em cada etiqueta são únicas.

No que diz respeito à Manutenção, as empresas buscam cada vez mais processos e métodos eficazes para fazer a gestão dos ativos. Com certeza um fator crítico para garantir o sucesso de uma organização.

Quando surgiu no Japão, mais especificamente na empresa Denso Wave, já tinha aplicação voltado para a indústria, na gestão de peças. Uma forma de otimizar a gestão da Manutenção está no controle dos ativos e o uso do QR Code é uma boa opção.

A catalogação de máquinas e equipamentos usando os códigos QR torna esse processo significativamente mais simples. Uma vez cadastrados e com seus planos de manutenção, possibilita uma gestão de máquinas e equipamentos mais ágil.

Isso corrobora para garantir que os processos de produção continuem operando sem paradas demoradas ou inesperadas.

Identificar a máquina ou equipamento permite, por exemplo, relatar falhas (e emitir solicitações de manutenção). Podemos visualizar o trabalho de manutenção e as operações programadas, bem como registrar diretamente um problema para um determinado equipamento por meio do código QR.

Uma outra aplicação dessa tecnologia é identificar rapidamente algumas informações de um ativo específico. Tais como estoque de sobressalentes, procedimentos de manutenção e histórico de intervenções.

Uma outra funcionalidade seria na realização de inventário do estoque de sobressalentes por meio dos códigos QR. Um sistema que oferece acesso rápido às informações e essa agilidade ajuda sobremaneira nesse processo.

Além disso, os códigos QR podem permitir uma exibição rápida das informações da peça ou componente. Dados sobre o fornecedor, marca e modelo, fotos e manual do usuário.

Todas essas informações ficam à disposição dos técnicos com a simples utilização da câmera de seu dispositivo móvel ou Tablet com essa tecnologia.

Conclusão

É notório que os avanços tecnológicos estão surgindo cada vez mais rápidos e trazendo muitos benefícios para todos os segmentos de negócios. Isso faz com que empresas em geral tenha uma gama de opções para fazer frente às necessidades do mercado.

Se tornar competitivo com qualidade e custos adequados não é mais uma opção, é necessário. E podemos incluir a tecnologia do QR Code como uma das boas opções na área industrial e como visto aqui, na Manutenção também.

Alguns sistemas de manutenção contam com a geração automática de QR Codes, como é o caso da TRACTIAN.

 

 

Fonte:

https://valuekeep.com/resources/e-books-articles/what-are-nfc-tags-and-qr-codes-and-how-to-apply-them-to-maintenance/

https://www.unitag.io/qrcode/what-is-a-qrcode

https://www.investopedia.com/terms/q/quick-response-qr-code.asp

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *