Termografia conceitos e aplicações

Luis Cyrino
29 jun 2015
4
17866

Termografia conceitos e aplicações 

Dando sequência no tema sobre as técnicas ou métodos da Manutenção Preditiva vamos nessa matéria falar sobre a utilização da Termografia onde é necessária a utilização de aparelhos adequados, capazes de registrar alterações de temperatura.

A Termografia está fundamentada na manutenção “Preventiva e Preditiva” em diversos segmentos principalmente o da indústria. Dadas suas características de fácil visualização e rapidez do serviço, a Termografia permite a inspeção de grande quantidade de equipamentos em “curto espaço de tempo”.

Inspeção termográfica

A inspeção termográfica é uma técnica não destrutiva realizada para medir temperaturas ou observar os padrões de distribuição de calor a partir da radiação infravermelha. O objetivo é obter informações relativas à condição operacional de um componente, equipamento ou processo.

Esse conceito básico consiste na análise pela visão humana do espectro infravermelho, chamado de termograma. O Infravermelho é uma frequência eletromagnética, naturalmente emitida por qualquer corpo com intensidade proporcional a sua temperatura. A Termografia é muito utilizada em Manutenção na área eletroeletrônica para fazer análises de circuitos em geral, quadros de energias de média e baixa tensão, linhas de alta tensão, subestações, cabines de entradas de energia, instalações elétricas, nobreaks, etc. Também podem ser usadas na área mecânica em equipamentos dinâmicos e estáticos.

Com base no conhecimento e análise desses fenômenos medidos por aparelhos específicos que detectam alterações de temperatura, torna-se possível indicar, com antecedência, eventuais defeitos ou falhas e então a partir dos dados coletados fazemos o diagnóstico e a análise de tendência da falha. Com isso se torna possível traçar um plano de ação para corrigir o problema e evitar uma parada inesperada e inoportuna de uma máquina ou equipamento.

Na área eletroeletrônica por exemplo, esse aquecimento acima do normal detectado na medição desse aparelho pode ser provocado por um mau contato, oxidação, desgaste ou mesmo sobrecarga de um circuito. Já na área mecânica essa medição nos permite identificar problemas causados pelo atrito em algumas peças e componentes devido à lubrificação deficiente ou inadequada, um desalinhamento entre eixos devido ao aquecimento em acoplamentos, etc. A não detecção antecipada desses problemas, provavelmente, resultará numa interrupção de alguma máquina ou equipamento e dependendo do local do problema pode ser uma parada generalizada causando grandes perdas no processo de produção.

Fases da implantação da Termografia

  1. Definição das máquinas e equipamentos a serem monitorados;
  2. Fazer o cadastramento de cada máquina e equipamento no sistema de monitoramento, definindo a frequência de coleta de dados;
  3. Definição de uma da rota para a coleta de dados de acordo com as máquinas e equipamentos definidos;
  4. Contratar e acompanhar o profissional técnico nas rotas definidas para a coleta de dados;
  5. Receber e analisar os relatórios técnicos com as condições de todas as máquinas e equipamentos e as recomendações conforme os desvios encontrados;
  6. Elaboração e execução do plano de ações.

Conclusão

A Termografia é com certeza um grande aliado da Manutenção para a detecção de problemas em suas instalações elétricas em geral e que requer um bom planejamento para sua realização como periodicidade, locais a serem inspecionados e suas rotas e pessoal qualificado para a sua realização.

Veja no link abaixo um pouco mais sobre essa técnica preditiva, agora falando sobre a Termografia em linhas de transmissão. Deixe seu comentário, sua opinião é muito importante.

Termografia em linhas de transmissão

Comentários

4 respostas para “Termografia conceitos e aplicações”

  1. Muito bom mesmo esta explicação sobre o trabalho da Termografia e sua importância no uso do dia a dia
    para detectar problemas que podem afetar o funcionamento do equipamento na Industria ou Mineração.

  2. Enéias Costa da Silva disse:

    Excelente metodologia.
    Parabéns pela colaboração e divulgação deste assunto.

  3. Antonio Amadeu Oss disse:

    Esse item da manutenção preditiva, faZ se necessário devido prever com antecedencia falhas inesperadas, fulga de energia e/ou quebras mecânica e interrupção da produção, gerando custos altos e paradas não programadas, que muita vezes dificulta até mesmo se ter peças em estoque de reserva.

  4. A termografia realmente tem trazido excelentes resultados, temos cultuado esta experiência com foco no mercado comercial visto que antes a aplicação era adotada apenas na área industrial.
    Esta nova cultura de visão deste novo mercado que se abre para empresas de engenharia com foco no diagnóstico preditivo trará bons resultados.
    No Distrito Federal consulte à IPT Engenharia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *