Monitoramento de ativos como estratégia

Luis Cyrino
25 maio 2020
2
1226

Monitoramento de ativos, entenda seu papel estratégico

Monitoramento de ativos é uma das estratégias importantes que uma gestão inteligente deve usar para entender o ciclo de vida de uma máquina ou equipamento.

Em um mercado altamente competitivo, estratégias e tecnologias que forneçam aos gestores industriais informações de qualidade para embasar suas decisões, são indispensáveis. Neste contexto, o monitoramento de ativos surge como uma solução interessante, ou melhor dizendo, estratégica.

Por meio dele, profissionais têm acesso a um nível mais elevado de controle e de informações sobre os ativos industriais que estão a seu poder.

Tal oportunidade abre espaço para que eles os administrem de um modo mais inteligente, garantindo melhores resultados. Isso também garante a alta administração dados relevantes para a tomada de decisões sobre futuros investimentos.

Conceito de monitoramento de ativos

É possível afirmar que o sucesso de uma companhia está intimamente ligado ao modo como os seus administradores lidam com seus ativos.

Para que os ativos industriais sejam administrados de forma eficiente é necessário que os responsáveis por eles os controlem, obtendo acesso a informações confiáveis a respeito de seu uso e das condições em que se encontram.

Neste cenário, o monitoramento de ativos pode ser descrito como o conjunto de estratégias que, por meio de ferramentas tecnológicas, monitoram os bens de uma empresa, captando diversos dados relevantes sobre eles.

Benefícios do monitoramento de ativos para processos de manutenção

Não é novidade que quanto mais eficiente a operação do maquinário de uma indústria, melhores serão os seus níveis de produtividade e rentabilidade.

Por meio do monitoramento de ativos, os técnicos de uma fábrica podem monitorar sistemas de acionamento, motorredutor de velocidade e verificar, em tempo real, dados como a temperatura de seus componentes, desempenho, vibrações e os ruídos emitidos por eles.

Fazendo uso de tais informações, o time de técnicos tem acesso a estudos de tendências de anomalias e à relatórios técnicos periódicos, podendo se antecipar à ocorrência de falhas na operação.

Por identificar sob quais condições uma máquina ou equipamento opera de forma eficiente e também os sinais, de quando está prestes a apresentar defeitos, o monitoramento de ativos apresenta os seguintes benefícios:

  • aumento do MTBF – Tempo Médio entre Falhas
  • redução da mão de obra direta e indireta
  • melhoria da eficiência global do equipamento monitorado
  • redução nos custos de manutenção e produção
  • aumento da segurança nas atividades
  • redução do tempo médio de reparo – MTTR
  • aumento considerável dos níveis de produtividade
  • queda do número de quebras/falhas.

Essas informações são extremamente úteis para a gestão industrial.

 Como funciona essa estratégia?

A ideia de observar de perto os ativos de uma companhia, captando informações a respeito de seu funcionamento não é nova. A grande inovação, auferida por meio da tecnologia, são ferramentas e dispositivos que tornam essa tarefa mais simples.

Os dados apurados pelos sensores serão enviados a uma central de computadores que deve interpretar as informações, por meio de um software especializado, e transformá-las em indicadores úteis.

Entenda mais sobre esse Monitoramento de Ativos

Terceirização

O caminho mais simples para uma indústria que pretende implementar o monitoramento de ativos e desfrutar desses benefícios, é contratar uma empresa especializada nessa atividade.

Ao terceirizar o serviço, a indústria passa a contar com o suporte de profissionais altamente especializados e com ferramentas de monitoramento avançadas. Isso sem a necessidade de realizar grandes aportes de recursos.

Por fim, é importante ressaltar que, ao fazer uso de soluções em monitoramento, o time de gestores ganha acesso a uma série de informações relevantes. Informações essas responsáveis por permitir a elevação do desempenho da companhia.

Levando esses fatos em consideração, não é difícil chegar à conclusão de que o uso da tecnologia é fundamental para indústrias que pretendem se manter produtivas e competitivas.

 

Conteúdo produzido em parceria com a Acoplast Brasil, empresa que fabrica e comercializa produtos e soluções para transmissão mecânica há 25 anos.

Comentários

2 respostas para “Monitoramento de ativos como estratégia”

  1. VITOR HUGO PUTON disse:

    Verificar no item:
    “Diminuição do tempo médio entre falhas..”, como o monitoramento diminuiria o tempo médio entre falhas? O correto não seria aumento do MTBF?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *