Operacional e Manutenção de frota

Luis Cyrino
1 nov 2017
3
1156

Operacional e Manutenção de frota

Operacional – A gestão de frota com certeza está se tornando cada vez mais necessária e desafiadora com a evolução tecnológica e a grande diversidade de segmentos que a utilizam. Agora o que podemos dizer sobre uma frota ser ou não bem gerenciada sob o ponto de vista da Operação e da Manutenção?

Acredito que esses pontos de vista podem ser muito diferentes entre essas áreas como também é na área industrial. Os operadores de frotas geralmente podem perceber uma deficiência quando as estratégias ou recursos de manutenção parecem estar em desacordo com as reais necessidades da frota.

Gestão Operacional de frota

O lado da gestão operacional de frotas quando bem gerenciadas utilizam indicadores de desempenho chave (KPIs) para identificar problemas e melhorar as operações da frota.

Normalmente um dos indicadores chave de desempenho operacional de uma frota é a sua disponibilidade. Quando o ativo dessa frota não está operacional, essa falta de disponibilidade pode gerar prejuízos.

Claro que essa disponibilidade pode ser afetada por diversos motivos, mas um que certamente está no topo da lista são problemas com manutenção.

O gerenciamento operacional da frota torna-se ainda mais desafiador quando a empresa não possui uma instalação de manutenção interna, da casa, ou seja, depende do serviço de empresas terceirizadas.

Gestão da Manutenção de frota

Acredito que a gestão operacional de uma frota é bem menos complexa em comparação com a gestão operacional na indústria devido a sua enormidade de processos e produtos.

Mas com certeza, acredito que uma de suas maiores complexidades está na Gestão da Manutenção dos seus ativos, que possa garantir a disponibilidade que se faz necessária.

Como do lado operacional temos o indicador mais importante que é a disponibilidade, acredito que na Manutenção seu indicador mais relevante é a confiabilidade dos ativos de uma frota.

E também comparando com a indústria, este e outros indicadores da Manutenção de frota são sensíveis e podem ser gerados por problemas operacionais.

Qual a melhor estratégia?

Acredito que muitas das grandes empresas do ramo de frotas ou que necessitam de frotas como no ramo do agronegócio, tem trabalhado com sua área de Manutenção interna. Muitas outras preferem por alguma razão trabalhar com a terceirização da manutenção da sua frota.

Não tenho uma visão clara para entender quem está com a melhor estratégia, uma coisa é certa, o gerenciamento dessa manutenção é bem distinta entre uma e outra.

Isso veremos em outra oportunidade, o fato é entender qual seria a melhor estratégia da Manutenção em si, seja ela interna ou externa.

Entender o tipo de frota

Como vimos na matéria inicial desta série sobre frotas, temos uma variada tipificação dos ativos que compõe uma frota. E esse entendimento nos qualifica para definir as melhores estratégias de Manutenção.

Uma empresa do ramo de mineração por exemplo, trabalha com caminhões tipo “off Road” e máquinas pesadas como retroescavadeiras, tratores de esteiras e outros implementos.

Baseado nesses ativos é que definimos qual a melhor estratégia da Manutenção, digo isso não só quanto aos tipos de Manutenção à serem utilizadas, mas como melhor utiliza-las.

Operação e Manutenção por aqui também precisam ser unidas

Como visto em matérias sobre a indústria e em sistemas de gestão como a TPM, no segmento de frotas o entendimento entre a Operação e a Manutenção também são essenciais.

Numa máquina de produção podemos ter vários operadores e auxiliares, mas num ativo como um caminhão ou uma retroescavadeira por exemplo, temos apenas um, o operador/motorista. Então veja a importância extrema da boa relação entre esse operador e o pessoal da Manutenção.

Conclusão

Como podemos notar, essa relação entre operação e manutenção tem muita importância em todos os segmentos de negócios voltados para algum tipo de produção.

E por essa razão, as melhores estratégias de Manutenção precisam sempre contar com a ajuda imensurável do lado operacional.

São por essas e outras que é primordial a gestão estar em consonância com essa realidade e necessidade de ambos os lados, Operação e Manutenção.

Comentários

3 respostas para “Operacional e Manutenção de frota”

  1. Ciro Leandro Loureiro Batista disse:

    Acredito que a terceirização da manutenção não seja a melhor opção.
    A terceirização pode ser feita no fornecimento de materia prima, mas quando se terceiriza manutenção, precisamos de garantias de sucesso, como a terceirização de serviços para concessionárias autorizadas do equipamento, que dispõe de material técnico relevante.
    Ainda vejo de forma viável treinar a equipe interna, propiciar vínculo dos funcionários a empresa e reciclar a mesma sempre que necessário.

  2. Vítor Hugo disse:

    Como se aplicar manutenção autônoma à frotas?

  3. “Numa máquina de produção podemos ter vários operadores e auxiliares, mas num ativo como um caminhão ou uma retroescavadeira por exemplo, temos apenas um, o operador/motorista.” Perfeito!

    https://www.fococonsultoriaetreinamentos.com/curso-de-operador-retroescavadeira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *