Trabalho em equipe, sinergia que traz resultados

Luis Cyrino
6 dez 2016
0
5250

Trabalho em equipe, sinergia que traz resultados

Trabalho em equipe – No mundo organizacional a busca pela perfeição da Gestão está diretamente ligada às habilidades técnicas e comportamentais, porém acredito que muito mais em evidência estão as habilidades comportamentais, o uso da inteligência na condução das suas atitudes, decisões e de seus relacionamentos.

Então posso dizer com muita convicção que dentro desse mundo organizacional, as pessoas e seus comportamentos são fatores que influenciam diretamente no sucesso ou no fracasso do objetivo foco das empresas e para tanto se torna imprescindível que tenham formas e estilos de gestão que possam nortear as suas estratégias na condução dos negócios.

E para tanto a Gestão de pessoal tem seu foco voltado para que as pessoas se comprometam em alcançar os objetivos com o máximo de comprometimento aliado as habilidades necessárias para o exercício da função de cada um dentro do processo.

  Trabalho em equipe

Trabalhar em equipe antes de tudo significa ter um bom relacionamento com seus pares, ter uma boa comunicação, clara e objetiva, todos devem ter em mente que cada um tem a sua função e que, isoladamente não podemos gerar resultados que se espera de uma equipe. Seguir ordens ou simplesmente saber executar o seu trabalho não é suficiente, trabalho em equipe vai muito além disso.

Algumas premissas do bom trabalho em equipe

Relacionamento interpessoal:

Com certeza todos nós de alguma maneira, temos algumas noções sobre o comportamento e as reações das pessoas ao nosso redor, conhecidas ou não. Com o tempo em meio a convivência com outras pessoas, vamos aprendendo e desenvolvendo certas habilidades de como lidar com as maneiras diferentes que cada um possui.

Claro que essas noções não são absolutas, portanto não pode ser base para o que simplesmente “eu acho”, é verdadeiro e absoluto. Saber conviver em meio as adversidades e diferentes comportamentos é uma habilidade que faz muita diferença para o sucesso no trabalho em equipe.

Metas e objetivos claros:

A equipe precisa entender o que se espera dela em todos os sentidos ou seja, precisa conhecer suas responsabilidades para com os resultados da equipe e consequentemente contribuindo com os resultados da empresa. Com isso em mente, todos devem ter o entendimento que não adianta uns se esforçarem e outros não, o resultado não pode ser isolado.

Sem dúvida alguma, a interação e o claro entendimento entre as metas definidas e os possíveis desafios para o alcance do objetivo traçado depende e muito da gestão de pessoal. A gestão tem por responsabilidade ter pleno conhecimento desses fatos e munir a equipe de todos os recursos disponíveis e trabalhar forte no campo da motivação.

Feedback:

Um conceito de feedback pode envolver aspectos operacionais do desempenho tais como qualidade, quantidade, produtividade, processos de trabalho e também variáveis comportamentais. Esses aspectos podem tratar das ações pessoais que podem estar dificultando ou facilitando o atendimento dos objetivos.

Podemos citar por exemplo, resistência a mudanças, dificuldades de comunicação com o grupo ou ainda resistência à participação no trabalho. Então é importante dar e receber feedback, quer seja entre os pares ou da gestão, ambos são bem-vindos, no intuito de promover o crescimento de todos.

Saber ouvir;

Uma das características importantes do bom relacionamento em equipe é sem dúvida o saber ouvir. Creio que parte do aprendizado que possuímos é pelo fato do ouvir, entender o ponto de vista dos outros, ou entender melhor uma situação dentro de um contexto e a partir disso compreender e saber o que expressar.

Pense simplesmente que ao ouvir, você assimila e tira proveito do que melhor lhe convier ou pelo menos, tem a chance de pensar e entender a visão que muitas vezes, é diferente da sua. É como usar de empatia, ou seja, se colocar no lugar do outro.

Ética: Segundo o portal https://pt.wikipedia.org:

A palavra “ética” vem do grego ethos e significa aquilo que pertence ao “bom costume”, “costume superior”, ou “portador de caráter”. Princípios universais, ações que acreditamos e não mudam independentemente do lugar onde estamos”.

Com certeza esse é um dos princípios chave para o bom relacionamento em equipe e que devem fazer parte da conduta pessoal em qualquer meio de convívio, algo com certeza inegociável. As organizações em geral têm seu próprio código de ética profissional que deve ser aceito e cumprido por todos, no intuito da busca pela confiança entre todos como pessoas e como uma organização.

Conclusão

A premissa de um setor de trabalho é buscar sempre desenvolver o trabalho em equipe e as boas relações interpessoais, isso não é negociável, deve ser uma busca fundamental que todos terão que dar dentro de uma organização. O fato de um profissional achar isso algo não necessário, é passar uma visão de ser aquele profissional de difícil convivência. E convenhamos, isso com certeza pode dificultar e muito as pretensões de uma permanência na organização ou até de uma possível ascensão profissional.

A convivência é algo natural na vida, então faça o que precisa para que isso se torne algo proveitoso, saudável e acima de tudo, com respeito a você mesmo e ao próximo. Dificuldades existem, mas devemos ter uma inteligência emocional suficiente para assimilar esses desvios e convergir para um relacionamento melhor, sei que podemos.

Vejam no link abaixo a matéria que iniciamos esse debate sobre a gestão de pessoal, nessa matéria elencamos os desafios encontrados tanto os relacionados a gestão como também por parte da equipe.

Os Desafios da Gestão de Pessoal

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *