Produtividade da Manutenção, como melhorar?

Luis Cyrino
14 dez 2020
0
1431

Produtividade da Manutenção, como melhorar?

Produtividade pode ser definida simplesmente como a entrega de resultados por pessoas ou sistemas em um determinado período de tempo.

Produtividade é a expressão da eficiência de qualquer segmento de negócio. Nas indústrias em geral, a produtividade está diretamente ligada à eficiência na produção.

É a relação entre os meios, recursos materiais e humanos utilizados e a produção final. É o resultado da capacidade de produzir, de gerar um produto ou serviço, associado à técnica e ao capital empregado.

Produtividade da Manutenção, como é isso?

A produtividade da Manutenção está diretamente ligada aos resultados das áreas produtivas de uma empresa. É por meio de serviços realizados de forma correta e de qualidade que a Manutenção contribui com a produtividade de máquinas e equipamentos. Mas o que podemos entender como produtividade da Manutenção?

Baseado no significado em geral que citamos no início deste artigo, produtividade da Manutenção é quando ela realiza suas atividades corretamente, com qualidade e num determinado tempo esperado.

O que pode aumentar a produtividade da Manutenção?

Já escrevi um artigo falando um pouco sobre os desperdícios na Manutenção ligadas a metodologia do Lean. E outros que basicamente tem alguma relação com a produtividade da Manutenção. Neste artigo quero levantar vários outros motivos que podem elevar a produtividade na Manutenção. São três características que vi num vídeo postado na rede LinkedIn da Dynamic Mindset e que achei extremamente relevantes para com a Manutenção.

São eles:

1. Otimização dos métodos e processos

Primeiro vamos entender o que significa otimização, pode parecer óbvio para muitos, mas é necessário deixar claro isso. A otimização num contexto mais amplo significa a criação de condições melhores ou mais favoráveis para o desenvolvimento de algo.

Seguindo nessa linha conceitual, no meio industrial esse conceito se torna mais específico. A otimização de métodos e processos é uma técnica que realiza primeiramente um levantamento das atividades executadas. Após isso é realizada a identificação e eliminação de falhas e padronização das rotinas.

Portanto na Manutenção é necessário realizar essa otimização constante de seus métodos e processos. Ao longo do tempo vamos nos aperfeiçoando com novas técnicas, metodologias e ferramentas de gestão e execução das atividades.

Essa necessidade de melhoria deve ser percebida por todos da equipe. Jamais devemos pensar nos mesmos modos de fazer as coisas, sempre é possível melhorar.

Bom, e alguém pode estar se perguntando, mas como podemos fazer isso? Em qual modo de atividade ou características de trabalho da Manutenção podemos fazer isso?

A seguir vamos elencar algumas sugestões, que acredito, serem um caminho para se conseguir essa otimização:

  • Nivelamento do conhecimento técnico dos membros da equipe;
  • Local de trabalho adequado para as atividades pertinentes;
  • Treinamentos de atualização de conhecimentos com novas técnicas de trabalho;
  • Modernização de equipamentos e ferramentas para execução das atividades;
  • Melhorias nos procedimentos de trabalho de certas atividades que precisam de um padrão único para sua realização;
  • Criar e promover a participação da equipe em programas de melhorias;
  • Possibilitar a participação da equipe em eventos relacionados ao setor;
  • Verificar possibilidades de troca (Upgrade) de certos itens mais modernos como algumas peças, componentes e equipamentos dos ativos produtivos;

2. Empoderamento das pessoas

Antes de qualquer coisa, vamos entender o que significa a palavra “empoderamento”.

De forma bem genérica seu significado diz ser um processo no qual, por meio da conscientização e da informação, é concedido o poder a uma pessoa ou a um grupo delas.

Mas com certeza isso tem um significado muito mais complexo que deve ser entendido para não frustrar nosso entendimento.

Empoderamento não quer dizer que uma pessoa detém um poder onde só ela manda, é dominante. Longe disso, empoderar pessoas não tem esse privilégio de alguém se sobrepor a outros.

Portanto, num contexto mais específico, empoderamento é a capacidade natural, adquirida ou concedida de desempenhar qualquer ação de forma consciente. Trocando em miúdos, é a possibilidade de qualquer pessoa individualmente ou de forma coletiva tomar decisões.

O que isso ajuda na produtividade da Manutenção?

Alguém pode estar se perguntando o que isso tem a ver com a produtividade da Manutenção. Entendo que isso é algo que muitos não tendem a enxergar ou concordar que isso ajuda. Mas posso garantir que isso tem muito a corroborar com a produtividade da equipe.

Sabemos que os profissionais de Manutenção têm conhecimentos específicos para exercer suas atividades. E isso é com toda e qualquer profissão, é precisa ter conhecimentos específicos para exerce-la.

Portanto, os profissionais da Manutenção devem ter conhecimentos suficientes para resolver problemas. Mas é comum que modos de gestão centralizem o poder de delegar e não o façam de modo correto.

Não permitem que sua equipe tome certas decisões que na prática teriam conhecimento para isso. Com isso a equipe fica meio “travada” e não consegue desenvolver todo o potencial que possuem. Já ouviu aquela celebre frase “apenas estou cumprindo ordens”?

Empoderamento na Manutenção significa delegar poderes e autonomia para que a equipe tome decisões e não dependam totalmente da “benção” do chefe.

Claro que isso tem os devidos limites, basicamente tratamos de deixar a equipe resolver os problemas e tomem decisões importantes.

O que precisa ser entendido para se empoderar a equipe da Manutenção é:

  • Qualificar a equipe se a homogeneidade de conhecimento entre eles não é suficiente;
  • Manter um relacionamento de mútua confiança com eles;
  • Deixar claro as metas e os desafios que o setor precisa “encarar”;
  • Usar com frequência o feedback “bom”, traduzindo, elogiar quando precisa ser elogiado;
  • Abrir espaço para troca de ideias com todos entre si, mostrar que a equipe tem capacidade para resolver e decidir;

3. Inovação das relações com seus pares e clientes

Inovação é um processo criativo, é criar algo novo. A palavra é derivada do termo latino “Innovatio”, e se refere a uma ideia, método ou objeto novo.

Portanto quando falamos em inovação de relações, é buscar meios de se relacionar de um modo diferente. E principalmente que traga benefícios para ambas as partes, é uma relação ganha-ganha. Essa inovação nas relações interpessoais é buscar uma melhoria que gera valor na forma de se relacionar.

O que a Inovação das relações ajuda na produtividade da Manutenção?

Sabemos que num ambiente onde as relações entre as pessoas são um pouco complicadas, isso pode interferir de muitas maneiras. E isso com certeza acontece quando essa relação tensa já começa com sua liderança e seus liderados.

Mas temos também aquelas dificuldades de relacionamento com nossos clientes. No caso da Manutenção é aquela relação problemática com os setores produtivos, algo comum. Então podemos trabalhar essa questão da inovação das relações da Manutenção com seus pares, liderança e clientes internos.

Mas como podemos promover essa inovação, quais ferramentas podemos utilizar para melhorar isso? A seguir vamos elencar algumas sugestões para buscar essa inovação nas relações:

  • Autoconhecimento, se conheça melhor para que consiga entender os outros;
  • Buscar ferramentas para melhorar sua comunicação;
  • Usar de empatia, se colocar no lugar dos outros para evitar pré-julgamentos;
  • Procurar ouvir mais e falar menos, melhora como entender os outros;
  • Ser receptivo, atencioso, isso muda como as pessoas enxergam você;
  • Não rebater as críticas de imediato, absorva primeiro e caso necessário argumente depois;
  • Nunca mande recado, fale pessoalmente e mantenha sempre o contato visual;
  • Demonstre confiança e honestidade, sinal verde para uma boa relação.

Alguém pode estar se perguntando, onde essas sugestões são inovações? Verdade, não são inovações em seus conceitos, mas é uma grande inovação quando se trata de VOCÊ. E aqui estamos falando das pessoas se inovarem em suas atitudes, seus modos de agir e enxergar as outras pessoas.

Conclusão

Acredito que esses três modos de atuação da Manutenção, partindo de seus profissionais, pode gerar um ganho expressivo na produtividade do setor.

Aplicando esses conceitos é possível que as atividades da Manutenção fluam melhor. Otimizar métodos e processos, empoderar os profissionais da equipe e inovar nas suas relações tem tudo para dar certo. E você, o que acha de tudo isso?

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *