PCM e as fases de controle de Manutenção

Luis Cyrino
4 fev 2015
11
10404

PCM e as fases de controle de Manutenção

Controle de Manutenção – Para que tenhamos um bom planejamento e controle da manutenção é imprescindível que na área do PCM tenha um histórico (banco de dados) com todas as informações das máquinas e/ou equipamentos e edificações cadastrados, isso é o que podemos chamar de controles.

Não basta planejar e executar, é necessário fazer o controle da manutenção por meio de algumas atribuições de monitoramento das atividades e do desempenho tanto da mão de obra como das máquinas e/ou equipamentos.

Na minha experiência como gestor de manutenção e responsável pela área de PCM, descreverei a seguir algumas das atribuições que acredito serem imprescindíveis para um bom controle dentro da área de manutenção geral e que seriam:

  1. Cadastro de informações das manutenções realizadas

    Normalmente via algum software, todas as informações dos trabalhos executados devem ser cadastradas, esse trabalho é vital para a manutenção poder manter um histórico para futuras decisões.

  1. Banco de Dados

    Um banco de dados via software ou planilha do Excel com os números da manutenção, vital para alimentar os indicadores (KPI’s), fundamental para os relatórios gerenciais e tomada de decisão.

  1. Documentação

    Em nível de auditoras tanto internas como externas é preciso manter uma documentação disponível na manutenção e normalmente isso fica a cargo do PCM que detém todas as informações e registros da área de manutenção.

  1. Criticidade de máquinas e/ou equipamentos

    Manter sempre atualizado o nível de classificação ABC de todo parque de máquinas e/ou equipamentos da empresa.

  1. Definição das Tag’s
    As Tag’s dos equipamentos são definidas de acordo com alguns critérios definidos por cada empresa com objetivo de identificação para um maior controle de suas intervenções.
  1. Cadastro de máquinas e/ou equipamentos

    Baseia-se no cadastro de informações relevantes sobre todas as máquinas e/ou equipamento da empresa.

Conclusão

Vale a pena ressaltar que como dito anteriormente, podem faltar algumas atribuições ou algumas citadas que não sejam de responsabilidade do PCM dependendo única e exclusivamente do modelo de gestão adotado. Porém todas que foram citadas são importantes e necessárias para uma boa gestão de todo o departamento de manutenção.

Vejamos então no link abaixo como a área do PCM deve tratar quanto ao cadastro das informações de todas as atividades da Manutenção.

PCM – Cadastro das informações

Comentários

11 respostas para “PCM e as fases de controle de Manutenção”

  1. Marcio disse:

    este comentário é excelente,mas como é possível em uma empresa que não tem planejamento de manutenção ?

    • Luis Cyrino disse:

      Olá Márcio, obrigado pelo seu comentário e questionamento. Em empresas que não tem um setor de planejamento como o PCM realmente fica difícil mas dependendo do Gestor da Manutenção isso se torna possível, precisaria ele conseguir uma pessoa para lhe ajudar e com seu direcionamento iniciar esse trabalho de planejamento e controle ( sem um software é muito funcional o uso do excel) e mostrar para a direção da empresa que esse trabalho traz resultados. Já passei por essa situação e fiz esse trabalho e consegui implantar o setor de PCM e os resultados foram aparecendo e justificando o investimento.

  2. Alessandro da Silva disse:

    Parabéns,ótimo assunto e orientação,quanto mais falarmos a respeito destes assuntos mais fácil será a implantação e aceitação de todos.

    • Luis Cyrino disse:

      Olá Alessandro obrigado pelo comentário. Com certeza tenho muitas matérias a respeito para divulgar e caso se interesse nos acompanhe e não deixe de me questionar caso tenha alguma dúvida, crítica ou sugestão. Se achar conveniente cadastre seu e-mail no Blog e receba em primeira mão todas as postagens novas. Um abraço e mais uma vez obrigado.

  3. José Beneval Araújo disse:

    De parabéns pela matéria Luis!
    Reforço a informação de que onde não exista um banco de dados, pode sim utilizar planilha excel e construir um controle para implantar um planejamento da manutenção.

    • Luis Cyrino disse:

      Obrigado pelo comentário José e com certeza como dito por você mesmo em excel podemos fazer isso e os resultados são os mesmos, basta ter vontade e pessoal para fazer.

  4. Gilbeto disse:

    sou mecânico de manutenção na Vilma Alimentos e o que vejo que muitos dados do PCM e coordenação são maquiados para reuniões com gerência isso nos revolta e retrabalho e o que se mais ve. Parabéns pelo trabalho realizado espero poder contar com mais dicas para implantar para minha pequena empresa.

    • Luis Cyrino disse:

      Obrigado pelo comentário. Maquiar resultados na manutenção é catastrófico e hora ou outra vai aparecer pois os resultados verdadeiros se mostram de alguma maneira. Fique ligado que outros posts sobre o tema e tem muito mais nas outras categorias, tudo sobre a manutenção.

  5. Gilmar Santos disse:

    Luis, gostei muito do texto. Trabalho na área de programação de manutenção e a pouco o gestor resolveu investir em pessoas com foco no planejamento. A fase mais dificil agora e incorparar na equipe a visão de serviço planejado, pois todos da equipe se acostumaram ás corretivas (vida louca semana apos semana correndo atrás do rabo), falta de sobressalente e o pior a falta de informação para alimentar o histórico dos equipamentos é um tal de “estou garrado agora depois passo as informações” e tudo acaba caindo no esquecimento inclusive o meu pois a minha rotina é pesada . Por falar nisso pode me dar uma dica para conseguir tirar dos mecânicos e tecnicos os relátorios das manutenções ?

    • Luis Cyrino disse:

      Gilmar fico feliz que tenha gostado, se notou no meu site tem muito material sobre PCM, Manutenção em geral e Gestão, muito importante para que as coisas funcionem. Quanto ao seu pedido de dica é muito simples, tudo começa com o apoio irrestrito da Gestão da Manutenção ou seja, seu superior precisa lhe dar todo o apoio para que consiga implantar as mudanças necessárias nas rotinas dos manutentores, esse é o primeiro ponto. Em segundo lugar promova um convívio bem próximo aos manutentores e mostre a eles a importância da coleta de dados e que sem isso tanto seu trabalho como a evolução de toda equipe fica comprometida, é um trabalho de conquistar a confiança deles sobre o propósito do seu trabalho. Se quiser continue a me escrever que posso te ajudar de alguma maneira. Segue meu contato abaixo:

      contato@manutencaoemfoco.com.br

  6. Emanuel disse:

    Boa tarde,

    Eu gostaria que aqui fossem elencadas as “mas práticas de PCM” , muitas vezes apoiadas pelos gestores:

    por exemplo:

    * A “auto programação” , na qual o executante desde do começo da implantação do PCM, é convencido de que ele deve abrir suas ordens, planejando seu tempo de execução e os analistas do PCM, atuam como gerenciadores de ordens geradas: Se estão corretas, se as equipes cumprem a carga horaria esperada que planejaram pra si mesmas.

    Os analistas por suas vez criam solicitações de compras de segunda a sexta ou na falta de algo para compras comportam-se como compradores o tempo, recebendo fornecedores ou visitando-os, justificando horas de terceiros alocados e/ou fiscalizam as equipes internas de executantes para garantir que estão criando ordens com o máximo de horas contra a produção.

    * As “preventivas” ou as “preventivas de oportunidade” são abertas pelos executantes sem estabelecer uma frequência de repetição sistemática mesmo tendo um sistema especialista como o SAP PM, tudo dependendo de quem avistou o problema e teve iniciativa de abrir uma ordem neste momento, se irá se repetir? Apenas se o mesmo ou outro identificar algo que chame a atenção para o mesmo item em 1,2 ou 3 meses depois?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *